domingo, 25 de janeiro de 2009

A Ação Não é Muito Poderosa.



Estou lendo um livro, O Universo Conspira a seu Favor, de Jerry e Esther Hicks, e aprendi uma coisa interessante...A maneira como você se sente é o principal responsável pelo que você manifesta e vivencia.

Segundo esse pessoal não é a ação que muda as coisas. " Uma ação em si, não é muito poderosa. Uma ação contra uma emoção negativa não tem poder nenhum." Eles dizem que damos atenção demais à ação porque achamos que é ela que muda a vida, por isso que muita gente luta, persevera e as coisas não melhoram.

Se você focaliza o negativo e aje para que isso não aconteça, você não afasta essa possiblidade, ao contrrário você acrescenta poder a ela. Porque a ação é responsável por uma pequena fração do seu esforço criativo. O que cria mesmo são seus sentimentos, é como você se sente.

Procure razões para se sentir bem e então aja, e começará a atrair tudo aquilo que considera bom.

Testem. E me digam suas experiências!

Namasté.

5 comentários:

  1. A primeira vez que ouvi falar sobre isso foi no filme o segredo. Vi muito sentido e fiz disso verdade pra mim. Eu fiquei assustado quando imaginei a enchurrada de sentimentos "confusos" que as pessoas produzem diante dos vilões criados constantemente pela tv e cinema. Os tiroteios, mortes violentas, explosões, golpes fatais, acidentes e etc. Conclui que a vida imita a arte. Essa realidade confusa é criada por esses sentimentos confusos. Como dizia Mahatma Gandhi: "De dentro vem o que por fora se revela"
    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. "Procurar razões para se sentir bem e só depois agir".
    Essa frase agora vai fazer parte de um dos meus mandamentos de vida...
    De fato as nossas ações são consequências de nosso pensar e como o sentir precede o pensamento é urgente investir nos sentimentos bons e assim ter ações positivas.
    Precisamos nos elevar acima dos pensamentos que nos impedem de sermos feliz.
    Namasté querida.

    ResponderExcluir
  3. PARA VERMINOZZY- adorei seu nome!
    Concordo com vc, as vezes dá medo de nosso pensamento,mas temos uma vantagem,o tempo para produzir algo aqui. Precisa de tempo, e um pensamento constante e forte agregado a um sentimento potente,por isso nem tudo que pensamos criamos, mas tudo que criamos é porque pensamos.

    ResponderExcluir
  4. PARA DIANA- também vou usar isso, aliás já se tornou meu exercício predileto, procurar me sentir bem...
    Agora; o sentimento vem depois do pensamento, é o pensamento que provoca um sentimento, o sentimento é o guia para sabermos se aquilo que estamos criando é aquilo que realmente queremos.Sentimento bom, criação boa, sentimento ruim criação ruim. Namasté.

    ResponderExcluir

Oi queridos/das, adoro ler comentários, contribuam para o meu prazer! Obrigada.