sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Mini - Reflexões no Facebook - Outubro 2012




Dia 31, quarta às 11:30
A gente só não falha naquilo que está muito habituado a fazer. Mas quem está aprendendo algo novo sempre erra. O erro é apenas uma maneira de ajustar o que estamos aprendendo a fazer ou criando. Para errar menos é preciso atenção e comprometimento.


Dia 30, terça às 11:50
Pessoas precisam de carinho, atenção; são como flores delicadas, às vezes se sentem desprotegidas. E muitos são famintos de real proximidade. Todos temos medos e precisamos de apoio. Acho que os Beatles estavam certos; tudo do que precisamos é amor, no formato de atenção, calor, carinho, gentileza e sensação de importar para alguém. Isso acalma, sereniza, desperta em nós o que temos de melhor.


Dia 23, terça às 11:29
Acredito que quando não realizamos um objetivo é porque não o queremos tanto assim, talvez seja mais por dever ou por achar que é certo fazer. Estou convicta de que quando realmente queremos algo, não há desculpa que nos impeça. Ganhamos uma força e disciplina dignas de um quartel.

Meu conselho, reveja se realmente quer aquilo que não está manifestando, talvez só esteja perdendo tempo e energia numa coisa que nem é sua cara. rsrs




Dia 16, terça as 11:09
Quanto mais tempo ficamos em um relacionamento, mais restrito o tornamos. Aprendemos que compromisso é sinônimo de reclusão, então nos aprisionamos, e ao outro, numa série de regras que mais matam o amor do que o fazem dar frutos. Depois reclamamos que somos infelizes e colocamos a culpa no parceiro/a.

Precisamos aprender amar em liberdade, restringindo o mínimo possível. Um parceiro livre é um amante vivo, e um ser que está vivo é caloroso, dedicado, leal, gentil, feliz.Reproduzimos assim o ideal de relacionamento que tanto queremos.

Somos nós e nosso comportamento que mantém a chama amorosa, se colocamos uma redoma no outro, tiramos seu ar, o que provoca sua morte.

O amor é uma flor selvagem, não deve ser aprisionado em restrições comportamentais.

Para Dylla Aroucha


Dia 13, sábado as 12:33
Um rebelde é alguém que está inconformado com o estabelecido, com as regras postas. Por um lado é bom não estar conformado, não tomar a forma pronta e busca algo mais personalizado, por outro lado deve-se ter cuidado para não derrubar o que serve e pode facilitar a vida. Devemos ser zelosos com as pessoas que nos querem bem, mesmo que elas não estejam compreendendo nossas necessidades. A rebeldia deve ser sempre criativa e não destrutiva. Cuidemos para não desfazer o que é nosso apoio para crescer.

Para Marília Marinho




 Dia 12, sexta as 10:21
Amizade é, para mim, um sentimento caloroso de simpatia por alguém. Algumas dessas pessoas se tornam mais íntimas, compartilham o dia a dia e outras, menos próxima fisicamente, são simpatias calorosas que aparecem só de vez em quando para ensolarar e modificar a rotina.

Eu sinto amizade por muitas pessoas que cruzaram meu caminho. Desde aquelas que ficaram só um dia até as que me acompanharam por muitos anos. Sinto-me afortunada por sentir tanto carinho das gentes amorosas do planeta terra.

Tenho uma mão grande com milhares de dedos. Por isso conto nos dedos dessa mão meus amigos.




Dia 04, quinta as 11:02
Conversando com Denize Oliveira :

Descobri que ajustar percepção não precisa ser complicado, basta atenção e dedicação. Aprendemos desde cedo a nos dedicar mais aos outros que a nós mesmos, tomamos isso como quase um pecado: o egoísmo. Mas cuidar de si pode ser tão altruísta quanto cuidar de outrem. Estando bem conosco fazemos bem pro mundo. Reconhecer falhas pode ficar mais fácil se a entendermos como fases de um processo, elas aparecem pra nos ajudar no ajustamento, todos que executam algo, falham, e isso não desmerece o aprendiz. Podemos encorajar o ego a ser livre do medo.

Obrigada pela inspiração querida!




Dia 03, quarta as 17:59
Acho engraçado e um pouco inquierante as pessoas aqui no Facebook ficarem enviando recados para inimigos aleatórios e imaginários... Na minha percepção, com esta conduta, terminam criando um mundo cheio de inimizades mesmo. O que mais se teme se concretiza.

4 comentários:

  1. Olá, querida
    Muito boa cada colocação e verdadeira...
    O medo, realmente, atrai...
    Bjs de paz e bem

    ResponderExcluir
  2. Estou de volta. Estarei atento. Beijinhos.

    ResponderExcluir

Oi queridos/das, adoro ler comentários, contribuam para o meu prazer! Obrigada.