segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Da Prioridade das Coisas





Tem uma passagem na história de Jesus que sempre me instigou. É quando ele diz, para um discípulo, que os pobres vão sempre existir para serem cuidados, mas ele só estaria ali naquele momento e em alguns dias iria morrer, portanto a discípula usar um óleo caro nele, era mais importante que vendê-lo e alimentar os pobres. (Mateus 26)

Fiquei pensando porquê um defensor dos pobres diria uma coisa assim?...

Uma resposta que veio foi, a prioridade será sempre a entrega amorosa e sua expressão mais pura. Ao derramar o óleo caro nos pés de Jesus a discípula, note que era uma mulher, estava derramando seu amor e reconhecimento disso, era um ato que cura por si só. Quando todos nós ou pelo menos a maioria de nós estivermos nesta vibração, a pobreza não seria um problema; ela é um problema porque a maioria de nós não nos entregamos à energia compassiva, que era todo o discurso de Jesus. É o "nem só de pão vive o homem". Enquanto estivermos nos ocupando apenas de encher o bucho (coisa que até acho importante, mas não vai tirar ninguém da real miséria) não alcançaremos um outro patamar de existência. E esta era a prioridade de Jesus. Não era nos salvar da pobreza material e sim da espiritual.

Namasté!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi queridos/das, adoro ler comentários, contribuam para o meu prazer! Obrigada.