domingo, 6 de novembro de 2011

Em Sinal de Amor






Dia desses me perguntaram: Como lidar com alguém que sabe tudo e acha que está sempre certo? Bom, a primeira palavra que veio à mente foi: Paciência. Ou... Com paciência.

Quem pensa saber tudo, é alguém inseguro que colocou uma capa arrogante para se proteger. Confrontá-lo só vai fortalecer sua proteção, até porque é isto que ele espera, uma luta; e mais pensa que será derrotado, por isso precisa de tantas certezas.

A imagem de derrota é tudo que ele vê e quer evitar; é sua luta interna. Portanto para se relacionar com alguém assim é preciso paciência e compaixão. Essas duas virtudes mostrarão que ele não precisa ter medo, que ninguém quer feri-lo, derrubá-lo. Talvez o silêncio fosse o melhor remédio, a escuta de suas certezas, para que ele se sinta seguro.

O problema é que não vejo muita gente com este tipo de virtude instalada. Também temos medo de sermos derrotados, também estamos em guerra, também precisamos de alguém paciente e compassivo...

Então temos aqui um paradoxo, um impasse. Quem vai começar a agir diferente? Quem vai dar a outra face? Quem terá a coragem de mudar e ser derrotado?... Infelizmente ainda não sou eu... O meu hábito é confrontar, mas estou em treino, por enquanto, um treino mental de baixar a cabeça, não em sinal de medo, mas em sinal de amor.

Namasté!


Leia também:

21 comentários:

  1. Nanda bom dia!!que perfeito seu texto...
    me emocionou...era tudo o que eu precisava ler para mudar algumas posturas..Em Sinal de Amor...dar a outra face...fantástico.
    Um lindo dia pra ti querida.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Olha eu aqui de volta..posso postar no meu blog.bjs

    ResponderExcluir
  3. Noemi:

    Muito obrigada!!!!
    Fico feliz por ter lhe tocado tão fundo.
    Este é um exercício difícil e complexo.
    Ficarei honrada se vc postar em seu blog.
    Tenha um ótimo dia também!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. OLÁ NANDA!!!Querida concordo com vc.por isso fortalecer nossa auto-estima é uma atitude fundamental para que possamos viver o amor em toda a sua grandeza, compartilhando com o outro nossas riquezas interiores, sem qualquer cobrança ou exigência descabida, de que ele se torne responsável por preencher nossas carências e garantir nossa felicidade. E este aprendizado traz em si uma questão fundamental que é conhecer a si mesmo.Obrigada pelo carinho.um fim de semana lindo pra ti
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Nanda. No meu simples pensamento a respeito, é muita pretenção pensar que sabe tudo. Só Deus sabe tudo. No mundo aprenderemos sempre porque somos eternos aprendizes. A humildade em reconhecer esta deficiência é fator meritório para quem consegue segurar a língua dentro da boca. O silêncio muitas vezes vale por mil palavras. Fique com Deus e um forte abraço.

    ResponderExcluir
  6. Oi Nanda...
    nada mais chato do que quem acha que sabe tudo, e de fato...haja paciência!
    bjos

    ResponderExcluir
  7. Nanda,

    O amor real não nos ensina a ser bobos, mas nos ensina a sermos sábios,uma sabedoria medida pela paciência, humildade e simplicidade.....assim penso.o sabe tudo já é movido pelo saber orgulhoso que o faz se sentir diferente porém fraco de sentimentos...

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Noemi:

    Oi linda!
    Acho este posicionamento muito sábio!
    Ótima semana!!!
    Bjs!



    Fantasma:

    Alinha entre auto confiança e arrogância é tênue, saber tudo é sinal de rigidez, por isso é ruim. Sugiro paciência e compaixão, pois por trás de uma postura assim, geralmente tem um ser inseguro.
    Obrigada!
    Bjs!



    Marcela:

    Sim, conviver com alguém assim é uma prova de superação... rsrs Mas nada que a paciência não resolva.
    Bjs!



    Cecília:

    Penso que pessoas "sabe tudo" são inseguras. Sei disso porque já fui muito assim, e hoje está mais atenuado, mas não desaparecido. Tomo conta deste aspecto de perto, para ele não ficar inflado.
    Sei que precisamos de carinho e compaixão, alimentos da auto segurança.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Ótima postagem, Nanda!
    Convivo com alguém assim e vc tem toda razão, o melhor a fazer é apenas ouvir, silenciar por amor. Não é nadinha fácil, mas é preciso.

    Bjão

    ResponderExcluir
  10. Minha querida Nanda: temos que ter amor sim. Há pouco tempo convivi com uma pessoa assim. Só que como seu subordinado. Uma tortura imensa. Os erros eram sempre meus. Mesmo quando acertava. Nestes casos não dá para oferecer a outra face.
    Felizmente consegui uma nova colocação e me livrei deste infeliz... Infelizmente outros estão com o mesmo problema...

    ResponderExcluir
  11. Nanda boa noite e eu gostei muito dessa mensagem,parabéns!

    ResponderExcluir
  12. Jamais pensei que soubesse tudo,mentiroso nunca fui! Porém,como um viajante no tempo sei quase tudo
    Ah,Nanda!Minha grande sacerdotisa do saber:reminiscência que se perderam na história,mas que ainda me atormentam -infelizes daqueles insignificantes parvos que por infelicidade me chamavas de inseguro,arrogante ou derrotado-farta comida se tornaram aos meus crocodilos!
    Mas tudo se paga,todas as agressões que se fazem pelos músculos ou através da maldita língua e os crimes contra a vida de seu semelhante.Esta é uma dívida que se paga com muito sofrimento e agônia.Aprendi a lição,sou benévolo e mais humilde desde então...só ñ podem estrapolar,né?
    abraços fortes

    ResponderExcluir
  13. Nanda,

    Existem pessoas sábias.
    Existem pessoas que, com a maturidade, ficam mais experientes.
    Porém, não saber ouvir e achar que sabem tudo... com certeza, por mais simpatico que possa ser, por mais humano que possa ser, vai fazer com que as outras saiam de perto.

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi Nanda,tudo bem?
    Seu texto me fez relembrar de uma frase do pensador Sócrates, que discutíamos muito em nossas aulas de filosofia. "A verdadeira sabedoria consiste em reconhecermos a nossa própria ignorância diante dos fatos e acontecimentos." A pessoa que julga saber tudo, logo não precisa de mais nada, acabará se voltando para a sua própria ignorância e solidão. Somos seres que precisamos nos relacionar acima de tudo.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  15. Ana:

    Eita! É uma provação, mas se pensarmos pelo lado positivo, é um bom motivo para desenvolver virtudes!
    Bjs!!



    Erick:

    Fico feliz de você ter podido se afastar desta pessoa, realmente trabalhar com alguém assim é estressante. Mas ainda aposto na compaixão, ela é boa para as duas partes, quem dá e quem recebe!
    Bjs!



    Douglas:

    Obrigada!!! Espero que possa ajudar você se algum dia tiver que lidar com alguém assim! rsrs

    Bjs!



    Tutankamon:

    É sempre bom ser honesto consigo mesmo! rsrs
    Acho que minha teoria não se aplica a filhos de deuses... rsrs em vocês não há arrogância, há verdade. O que o resto de nós deve fazer é se recolher a sua insignificância. rsrsr
    Bjs!



    Sissym:

    Sim... Este é um efeito colateral deste comportamento. O bom é que pode ser uma dica boa para quem esta assim, fazer algo! rsrs
    Bjs!



    Família Alcara:

    Sim, nossa mente não alcança o todo então sempre fica faltando algo a aprender ou saber. Acho até que é por isso que existem muitas pessoas, o que eu não sei outro sabe e me ajuda!
    Bjs!



    On The Rocks:

    É um dos métodos possíveis... rsrs, mas tem algumas situações que é impossível, então podemos usar a compaixão.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  16. Como sempre minha amiga, excelente a sua postagem!

    Dá o primeiro passo essa é a grande questão! já que naturalmente nós como seres humanos dotado de raciocínio próprio e questionamentos constantes jamais vamos concordar que alguém com mania de onisciência tente nos fazer entender só para satisfação do seu ego que 3+3= 7, é demais complicado, só mesmo com um virtuoso aprendizado divino!



    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  17. Renilson:

    Obrigada!!!
    Exatamente! É esta a proposta, o desenvolvimento de virtudes.
    Aproveitar a deficiência para construir eficiência! rsrs
    Bjs!

    ResponderExcluir
  18. Oi Nanda! Bom dia, concordo com vc e com nosso colega fantasma... Muita das vezes tem pessoas que se acham pretenciosas dono do mundo, mas também no geral tem pessoas com medo de tudo e de todos e se fecha ou coloca uma mascara de sabe tudo e finda afatandos as pessoas queridas e amigas por medo de amar e se amada, de ser abandonado...

    Mas também pode existir pessoas meigas e com sutileza transparece o que pode ser natural a beleza do conhecimento e quer repartir esse momento... Por isso não devemos generalizar e aprender a reconhecer o que é bom para nos e usarmos como críticas construtivas...

    Mas também o que vale é a conciência da pessoa. Mas se a pessoa não tiver paciência para quem busca...

    Seu post é ótimo para refletir em nossas próprias atitudes! Bjão!

    ResponderExcluir
  19. Renata:

    Você tem razão. Tem gente de todo tipo,não é? rsrs
    Generalizar é perigoso mesmo. Terminamos sendo injustos com alguém.
    Acho muito válido desenvolver virtudes na gente. Saímos sempre ganhando com esta atitude!
    Obrigada!!!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  20. As pessoas Arrogantes, em geral, quando contrariadas em suas certezas, em geral, nos agridem com palavras ou com indiretas diretíssimas né ...
    Porém quando a gente consegue ter a clareza de enxergar que essa pessoa sofre em sua insegurança, ela está em uma situação muito pior que a nossa, ela faz isso pq infelizmente ela nao tem a clareza e o amor-proprio que nós temos que nos deixa imunes.
    Essa ''clareza'' é uma benção, é uma riqueza de infinito valor dentro de uma sociedade violenta e ''panicada''.
    Perceber a arrogancia e sorrir pra ela é um ato de muita grandeza e iluminação..

    ResponderExcluir

Oi queridos/das, adoro ler comentários, contribuam para o meu prazer! Obrigada.