segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Não Chore Homem

Música de Vanessa da Mata

Existe algumas frases dessa música que acho de extrema importância para as mulheres. Apesar dela ter um toque de raiva que para mim não mostra muita inteligência espiritual, acho que serve como ponto de partida para elevar a auto estima das mulheres e força para que elas se elevem e saiam de situações amorosas pouco favoráveis. Vamos aos trechos que achei legal:

“Você me dá muito pouco
Eu vou embora...
Eu vou tentar ser bem mais competente
Na escolha da próxima paixão...”

Nesta parte há a percepção do que se necessita para um relacionamento e a autonomia de ir buscar o que se quer, também mostra auto responsabilidade com relação à escolha do homem, não é um simples “aconteceu”... Eu, mulher, escolhi esta pessoa e posso “desescolher” e escolher melhor na próxima vez, ou seja, demonstra aprendizado e não amargura e desânimo com relação ao destino. Acho isso muito importante para a mulher conquistar. É ela quem manda e desmanda em sua própria vida, ela não é vítima de um homem ou das circunstâncias da vida.

“Eu quero alguém bem melhor...
Alguém que nem você eu não preciso...
O resultado disso é solidão.”


Nesta parte, apareceu um pouco a raiva e a vontade de desqualificar o outro, mas ao mesmo tempo uma consciência do que se necessita num relacionamento e o resultado da insistência num relacionamento insatisfatório: Solidão. Muitas mulheres permanecem num relacionamento por medo de ficarem sozinhas, mas terminam experimentando uma solidão maior e um desperdício de sua vida.

“Mas as coisas não são assim
Não é vovó?
São coisas que a gente não escolhe nunca
As coisas do coração
Não é vovó?
Elas são como são ou a gente muda?”



Essa foi a parte que mais gostei, é a conversa do novo com o antigo(vovó), o pensamento velho diz que somos vítimas da paixão, que não podemos fazer escolhas, que a única saída é aceitar as desventuras e mal estar resignadamente. E o questionamento final é primoroso. É o novo pensamento querendo nascer e questionar o estabelecido, dizendo: Nós escolhemos nossa vida, o destino é resultado de nossas escolhas passadas!

Namasté!


19 comentários:

  1. Linda canção,grata por compartilhar ,não a conhecia.

    carinho
    Denise

    ResponderExcluir
  2. Essa discussão da relação homem/mulher é complexa. Só não acho que precisa ter uma guerra dos sexos, se nasceram para se completar. Estou tentando escrever um texto sobre as mulheres, mas estou com tanto cuidado de não falar bobagem,porque simplesmente amo as mulheres e acho que elas são mais gente que o homem, mas só vou adiando, justamente por causa desse cuidado.bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi,Nanda
    Também adoro essa música do cd para mim, uns dos melhores da Vanessa da Matta ,essa boneca tem manual.Gostei da sua análise da música nunca ,tinha prestado atenção na letra
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi Nanda,
    Acho que na realidade tais frases servem tanto para as mulheres quanto para os homens, afinal acredito que todo mundo merece receber 100% daquilo que oferece ou seja se não recebemos nessa proporção acho nada mais justo do que correr atrás.
    Beijos
    Paulo Ka

    ResponderExcluir
  5. Nanda,
    Ando mal...
    Estou precisando de enegias positivas...
    Ore por mim!!!

    bjão

    ResponderExcluir
  6. Oi Nanda, a composição está ótima!!

    Responder pelas escolhas que se faz evita uma série de aborrecimentos..e torna a vida mais agradável e equilabrada...

    Tentar desqualificar o outro ou outra é o mesmo que desqualificar-se...pois a escolha não partiu só do outro(a)

    Beijos!"!

    Aloha!!
    Hod.

    ResponderExcluir
  7. Denise:
    Eu também gosto muito dela, além da letra tem um ritmo contagiante!
    Ela não foi muito tocada em rádio.
    Obrigada!


    Carlos:
    Sim, é um assunto delicado, mas se vc ficar com muito cuidado não vai escrever, estou aprendendo a emitir minha opinião e deixar os outros degustarem da forma que quiserem.
    Bjs!


    Rô:
    Eu tenho essa mania desde adolescente, às vezes vejo coisas que nem o próprio autor viu!
    Também gosto muito da Vanessa da Mata, tenho 3 discos dela.
    Obrigada por aderir ao bonde do Múltiplas!
    Bjão!


    Paulo:
    Também acho, escrevi para mulheres, pois as escuto mais e é delas que vem a queixa de serem mal servidas de homem.
    Obrigada por suas participações tão ricas. Quando lhe adicionei nos favoritos, sabia disso, vc tem sido um ponto de referência no mundo masculino!
    Bjs!



    Mylla:
    Estou enviando agora mesmo!!!!!!!
    Mas não se esqueça do que eu já disse em e-mail!
    Bjão!


    Hod:
    Pois, não é que penso assim?! Na raiva a gente termina esquecendo que quem escolheu a criatura fomos nós mesmos!!!
    Aloha! Meu querido amigo!
    Agora, muito amor para vc!!!!

    ResponderExcluir
  8. É as vezes choramos por não ter o que não repassamos, isso é por simplesmente quando recebemos de mais e esquecemos de devolver, o amor e cota unica a partilha dele deve ser exata Nanda parabéns pela musica muito alegre e real e parabéns pela texto difundido na musica, paz seja contigoAmigo de CRISTO

    ResponderExcluir
  9. Perfeita sua análise, Nanda!

    A vida é mesmo feita de escolhas e ninguém é obrigado(a) a fazer o que não deseja...

    E estar com uma pessoa somente por medo de ficar só é um grande erro...

    E as consequências, muitas vezes, vamos experimentar mais pra frente, quando bater a frustração e amargura... Então, será tarde...

    Gostei da música, nunca tinha ouvido, mas gosto de Vanessa da Mata.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  10. Nanda querida,

    Gostei muito da forma como você analisou a letra desta música!

    Olha, tenho passado sempre por aqui, amiga, só não deixei comentários...mas, quero que saiba que adoro teu blog, e a forma como aborda os assuntos.

    Tenho aprendido muito com você!
    beijocas,
    neli

    ResponderExcluir
  11. Amigodcristo:
    Isso! Não reconhecer o que se tem gera infelicidade desnecessária!
    Muito obrigada e volte sempre!
    Que a paz seja vc!
    Abraços!


    Regina:
    Disse tudo!!!!
    Foi isso que quis lembrar à mulherada!
    Principalmente da amargura, que nas mulheres ocorre muito!
    A música não tocou nas rádios...
    Obrigada pela visita e...
    Bjão!


    Nelisinha!!!
    Que bom lhe ler por aqui!
    Muito obrigada!
    Que bom saber disso!
    Também gosto muito do seu blog!
    E da forma como vê as coisas!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  12. Nandinha, legal você ter feito esta análise da canção, gostei muito!
    Infelizmente no término de um relacionamento é inevitável que fiquem mágoas, mas é como dizem, o tempo cura tudo!

    Beijos, querida!

    ResponderExcluir
  13. Oi Nanda, td bem? Passei pra te avisar que está acontecendo um concurso de mini contos e uma oficina de poesia lá no Empório. VEM!

    http://emporiodocafe.blogspot.com

    beijão da LU

    *convide seus amigos. Obrigada!

    ResponderExcluir
  14. Du:
    Obrigada!!!
    O que não pode é guardar essa raiva!
    Nós curamos, o tempo cria o espaço!
    Bjão!


    Lu:
    Legal vou anunciar!
    Obrigada!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  15. adorei a analise de musicas, pode fazer mais isso
    e fora q se eu ouvisse essa musica, não compreenderia tudo isso

    ResponderExcluir
  16. GrandeR@o:
    Sabe que eu tenho essa mania desde pequena? Comecei com as músicas de Chico Buarque, que sempre contavam histórias e ampliei para todas as músicas que escuto.
    Vou continuar fazendo sim,acho válido para o crescimento pessoal!
    bjão!

    ResponderExcluir
  17. Gosto muito de Vanessa da Mata e em especial das suas composições!

    "Não chore homem", do cd "Essa boneca tem manual", bem poderia ser "Não chore mulher" ou algo que o valha! A quase uma mensagem universal e válida para todo tipo de relacionamento: homem x mulher, mulher x mulher, homem x homem...

    Valorizar-se dentro de uma relação é obrigação de todo ser humano que possuia o mínimo de respeito por si mesmo!

    Gostei da oportunidade de relembrar e analisar a música!
    Jr.

    ResponderExcluir
  18. Contatos Imediatos (Jr):
    Eu também gosto!!!
    Concordo, vc sabe que também não entendi muito o título, mas pensei que podia ser porque a mulher estava dando um fora nele!
    Concordo de novo, por isso eu fiz a análise!
    Valorizar-se é nossa única obrigação!
    Obrigada!!!!
    Bjão!

    ResponderExcluir

Oi queridos/das, adoro ler comentários, contribuam para o meu prazer! Obrigada.