sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Mentes Perigosas – O psicopata mora ao lado

Ana Beatriz Barbosa Silva
Rio de Janeiro: Objetiva, 2008.
218p
Auto-ajuda, Comportamento.


Acabei de ler o livro, achei interessante um tema tão complexo e difícil sobre o ser humano, ser abordado de forma tão leve. Li o livro em horas, rápido. Ele traz muita informação importante. Principalmente como identificar uma pessoa assim, pois esta, segundo a autora, é a única forma de proteção que temos a nosso favor. Já que o encontro com uma personalidade dessas é destrutivo para gente de emoção. Sim, porque os psicopatas são deficientes no quesito sentimento e consciência, aquilo que nos faz controlar nossos impulsos destrutivos com relação aos outros e ao ambiente.

Senti que a autora deu ênfase à questão do bem e do mal, parece que o pensamento relativo, para se proteger de uma psicopata, não é válido, pois turva nossa percepção e nos faz dar chances para que este tipo de pessoa nos destrua.

Ela também afirma que a cultura moderna colabora para a proliferação de psicopatas e comportamentos "psicopáticos" e aponta o individualismo, o relativismo e o instrumentalismo como conceitos que favorecem essa conduta. Culpa principalmente o individualismo. Tenho dúvidas quanto a esse, pois acho que pensar em si e em sua própria alegria pode beneficiar o todo. Penso que o individualismo vem sendo mal interpretado, melhor dizendo, infantilmente interpretado e vivido. Quem começa a pensar em si, não para aí ela também pensa no outro e no ambiente, pois reconhece que não vive só. Outra coisa é que é primordial pensar em si para se safar de um psicopata, pois é justamente por essa conduta de pensar mais na necessidade do outro que na sua própria que o psicopata toma conta de nossa vida.

Bom, eu recomendo o livro, achei gostoso de ler e bem informativo.

Boa leitura!

33 comentários:

  1. O assunto é interessante..por causa da novela da globo hj se fala muito sobre isso..mas não sei se existe uma forma de se livrar desse tipo de gente doente..como diz no livro estão a onde menos percebemos..
    Beijos bom final de semana

    ResponderExcluir
  2. Já passei um problemão e hoje vejo o quanto podemos nos envolver fácil com um psicopata.Graças a Deus hoje não tenho mais contato com ele mas sei de várias vítimas dele.

    ResponderExcluir
  3. Ola,Nanda
    Mais um para minha cabeceira,valeu!!.
    No livro Inteligência emocional,Daniel Coleman explica muito bem ,como funciona a mente do psicopata,lembro-me que o autor diz que o psicopata é totalmente destituído de empatia,a qualidade de ser colocar no lugar dos outros...

    bjs

    ResponderExcluir
  4. Já li o resumo, partes do livro. Ele é bem interessante.
    Já passei por experiências, muito forte, com uma louca, que tinhamos no nosso local de trabalho.
    Não é fácil. Foi em função desse problemma que li o artigo. Mas pretendo ler o livro. com muito carinho

    Venha buscar seu selo no endereço abaixo. Mas não se esqueça de passar pelo o Curiosa. Tem um tema bem legal.
    Um grande beijo.
    http://sandrarandrade7.blogspot.com/
    Sandra

    ResponderExcluir
  5. Interessante sim. Há muito tempo, ouvi que ninguém abreseu coração e mente completamente,deixa sempre uma cortina entreaberta,escodnendo algo. O psicopata usa isso muito bem. Quero falar de alguns pontos do texto. Voc~e disse bem, nem sempre o invidualismo é ruim,não confundir com egoismo, que é muito diferente.Pensando individualmente, cada um fazendo bem a sua parte, o todo ganha. E no mais, para se safar do psicopata, é não se iludir com lobos em pele de cordeiro. Olhe sempre nos olhos da pessoa. O lobo usa a pele de cordeiro, mas o olhar é o mesmo.bjs e parabéns

    ResponderExcluir
  6. Olavo:
    É essa a tentativa da autora, que possamos reconhecer mais fácil e podermos nos afastar a temo!
    Bjs!


    Lília:
    Que bom que se livrou a tempo!
    Bjs!


    Rô:
    Eu ainda não li o do Daniel, mas um dia lerei.
    Sim, essa é a característica principal da criatura!


    Sandra:
    Vale a pena lê-lo.Que bom ter se livrado da pessoa!
    Vou buscar sim!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  7. Também acho que o individualismo vem sendo interpretado de forma errada.
    Até para fazermos o bem,se o fazemos,é porque nos faz bem. Existe individualismo em tudo.

    Nunca li o livro,mas gostei do tema! :D

    ResponderExcluir
  8. Parece ser um livro bem legal mesmo. Importante é ler e extrair aquilo que pode nos ser útil. A informação é meio caminho para a solução. Penso que atualmente tudo tem tomado dimensões maiores. nossa sociedade vive cada vez mais situações de estresse, onde qualquer neura pode se transformar em algo maior. Os meios de informação tem colaborado muito para o aumento das fobias e a violência nos têm transformado em prisioneiros do lar. Vivendo numa sociedade tão "perigosa" o indivíduo que não pode mais confiar no outro começa a desenvolver doenças.
    Acho que as novelas t~em trazido alguma luz para alguns temas polêmicos como o da esquizofrenia, que é uma doença real e muito diferente do psicopata.
    Abraço
    angel

    ResponderExcluir
  9. Interessei-me pela obra, parabéns pela bela resenha. Nos tempos "malucos" em que vivemos, nada melhor que nos "prevenirmos"!
    abçs e bom findi :)

    ResponderExcluir
  10. OI..VIM VISITAR SEU BLOG E GOSTEI MUITO. ESTOU TE SEGUINDO...

    TENHA UM BOM FINAL DE SEMANA.
    ABRAÇOSS

    ResponderExcluir
  11. Emily:
    Obrigada! Sei que estou meio desaparecida lá na sua casa, mas qualquer dia apareço!
    Senhora jovem!
    Bjs!


    Angel:
    Sim, estamos conhecendo mais, só falta a qualidade desse saber.
    Temos tido medo, mas devemos aprimorar a coragem!
    Obrigada!
    Bjão!



    Elaine:
    Obrigada!
    Parece que esse é o único jeito!
    Bjão!


    Joéliton:
    Obrigada!
    Boa semana para vc também!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  12. Carlos Soares:
    É isso, não podemos confundir!
    Pelo que eu li não sei se eles não disfarçam o olhar, mas é bom desconfiar de uma pessoa muuuuito generosa!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  13. Nanda,
    Não li ainda esse livro, mas gostei do assunto abordado. Eu tinha visto que tu fez a divulgação desse post no dihitt mas não consegui ler antes.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. valeu a dica adoro Ler...fuiiiiiiii

    ResponderExcluir
  15. Tita:
    Sim, o tema é interessante e abordado da melhor forma possível!
    Obrigada!
    Bjão!


    Moreijo:
    Obrigada!!!


    Philip:
    Há quanto tempo, hein?
    Não sei se belo, mas útil!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  16. Se for olhar pelo lado do individualismo 'egoísta', convivo com muitos psicopatas!!
    É menina, olhe para o lado, aposto que tem um psicopata aí! (rs*)
    Bom domingo! Beijus

    ResponderExcluir
  17. Ótimo resumo, deu vontade de ler o livro.
    Este assunto esta sendo discutido na novela da globo e mostra uma psicopata e outros loucos dando ênfase a diferença de comportamento.

    ResponderExcluir
  18. Luma:
    Sim, segundo a autora todos teremos uma experiência dessas!
    Obrigada!!!
    Bjão!

    Catarino:
    Que bom vc ter gostado do meu comentário!
    Sim, e a autora da novela se baseou nesse livro para compor o personagem!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  19. Nanda ainda não li o livro, mas lembro que vi uma entrevista com a autora só não recordo a emissora que apresentou...

    Do jeito que a as coisas estão o números de portadores de psicopátias, leves, morderadas e graves deve aumentar...

    Observar e desenvolver critérios sempre ajudam na prevenção de quem está ao nosso lado!!!

    Mesmo assim corre-se o risco do primeiro ou sengundo contato com gente assim!!

    Boa abordagem amiga!!
    Bjuss!
    Aloha!
    Hod.

    ResponderExcluir
  20. Eu ainda não tive tempo de ler esse livro, mas pelo que sei é excelente. É muito bom saber que nós podemos nos livrar de um psicopata. Vou ler com certeza. Bjs

    ResponderExcluir
  21. Hod:
    É verdade, mais cuidadosos diminuímos o risco, mas não é garantia...
    Aloha!


    Elizabeth:
    O livro ajuda, mas como disse meu amigo Hod, não garante.
    Leia sim, vale a pena, e depois volta para me conta!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  22. Obrigado por me aceitar como amigo. bjs

    ResponderExcluir
  23. eu tenho que ler esse livro heheheh

    ResponderExcluir
  24. GrandeR@o:
    Vc tem vivido com pessoas assim?
    O livro pode ajudar!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  25. Ainda estou lendo o livro, mas estou amando. Até porque tenho por objetivo me tornar psiquiatra e já que não tenho instrução necessária para entender um assunto tão complexo achei que ele é incrivelmente simples e inevitavelmente incrível.

    ResponderExcluir
  26. Juliana:
    Parabéns! É muito corajosos trabalhar com os transtornos mentais, acho que ainda é pouco conhecido os meandros da mente humana, se eu puder ajudar...Sou formada em Psicologia.
    Volte sempre!

    ResponderExcluir
  27. Nossa que legal,ainda estou no ensino médio na escola.Mas desde sempre tive muito interesse por pessoas com algum tipo de problema.Sabe desde pequena ajudava minhas coleguinhas e isso só foi contribuindo para minha paixão por esse tipo de assunto,que hoje é tão descriminado pelas pessoas que não compreendem a necessidade de ajuda dessas pessoas.

    ResponderExcluir
  28. Juliana:
    Então prepare-se, esse caminho que vc escolheu é puxado!
    Mas se vc sente, desde pequena, um chamado para isso, terá a persistência necessária para lidar com uma das coisas mais complexas da raça humana, sua mente.
    Desejo tudo de bom! E como disse, se puder ajudar...Terei prazer!
    Essa não foi a área que escolhi, doenças mentais, mas posso trocar ideias sobre isso e aproveitar para aprender mais.
    Mesmo antes de vc entrar na faculdade!
    Bjão! Fiquei muito contente de vc ter voltado!

    ResponderExcluir
  29. Este livro eu PRECISO comprar para mim. Eu quero me dar de presente, visto que sofri muito na mao de um maluco que ainda me atormenta.


    Bjs

    ResponderExcluir
  30. Sissym:

    Entendo... Espero que o livro possa ajudar.
    Não é fácil estar na mira de uma pessoa assim.
    Bjão!

    ResponderExcluir

Oi queridos/das, adoro ler comentários, contribuam para o meu prazer! Obrigada.