domingo, 8 de agosto de 2010

Terapia de Vidas Passadas



Continuando o assunto proposto por Fernanda Medeiros, o texto de hoje é sobre Terapia de Vidas Passadas - TVP. Lembro que não sou especialista no assunto, é apenas uma opinião que vou partilhar.

No meu entender essa é apenas mais uma técnica de cura que pode funcionar muito bem com algumas pessoas, libertando de suas angústias inexplicáveis. Como toda técnica ela não funciona com todo mundo, nem remédio alopático é assim, que dirá procedimentos que lidam com o subjetivo das pessoas!

Já li alguns livros sobre isso e me submeti a uma sessão com um profissional respeitado e comprometido com a técnica. Mas não me senti hipnotizada o suficiente para ter certeza de minhas visões.

Todas as vezes que li ou ouvi um profissional da área, foi-me dito que o que menos importa é se sua visão é real ou não. Se a experiência de vivenciar algo através da mente o liberou de um trauma ou aflição é o que importa. Quem você foi realmente não é o foco do trabalho e sim as suas atitudes positivas e negativas que podem estar repetindo hoje (que é a vida que interessa). É para melhorar a vida hoje que o método existe e não para ficar preso numa fantasia do passado. Nem sempre as lembranças vão tão longe no tempo, às vezes vão até a vida intra- uterina desta personalidade de agora.

Outra coisa que é mito em TVP é a história de que todo mundo foi Cleópatra na vida anterior. A maioria das pessoas se vê tendo vidas simples, são soldados, feirantes, comerciantes poucos se vêem como reis e rainhas. E não é para isso que a TVP serve, seu objetivo é a transformação do eu hoje, para uma vida melhor agora.

Também não é preciso acreditar em reencarnação para se beneficiar do método, as visões podem ser encaradas como uma representação teatral de um incômodo, no final é o insight que se adquiriu com a experiência que vale.

Bom, espero que tenham ficado um pouco mais esclarecidos sobre o assunto. Podemos ser menos supersticiosos e mais práticos. Os métodos existem para nos ajudar a viver melhor agora. Apenas use-os para isso.

Namasté!

Leia também:
Abordagem Centrda na Pessoa 1ª parte
Terapia Holística x Psicologia
Porquê procurar ajuda terapêutica?

4 comentários:

  1. Eu gostaria de fazer, mas não tenho nenhuma pretensão de me ver como uma Cleopatra (kkkkkk), queria tentar melhorar minha vida atual, tratando de problemas deixados no passado e que poderiam ter sido melhor resolvidos.

    ResponderExcluir
  2. Sissym:

    Experimenta então!
    É bom a gente fazer coisas inusitadas de vez em quando!
    Mas não imagine que é um passe de mágica, toda mudança exige que usemos nossos neurônios! rsrsr
    Bjão!

    ResponderExcluir
  3. Nanda,
    eu gostaria de muito de tentar essa terapia... Talvez a minha vida melhorasse um pouco mais e eu descobrisse a razão do meu medo de altura...
    Nunca me vi como nobre em vidas passadas... mas tenho a sensação de ter sido escrava pq não posso ver cenas que me sinto chicoteada...

    Vou procurar por aqui...

    bjo no core

    ResponderExcluir
  4. Mylla:

    Espero que ajude a superar suas aflições!
    Seja criteriosa ao escolher o profissional, e não acredite de cara em tudo que for dito...
    Bjão!

    ResponderExcluir

Oi queridos/das, adoro ler comentários, contribuam para o meu prazer! Obrigada.