sexta-feira, 27 de maio de 2011

O Álcool e a Língua Solta



Eu soube, em Fevereiro, que um estilista famoso foi demitido por soltar o verbo num restaurante. Ele estava bêbado e expressou alguns pensamentos que deviam estar bem soterrados em sua mente. Talvez só os mais íntimos soubessem. (ver matéria)

Disse ele que foi mal tratado primeiro, parece que tem o costume de se vestir como "mendigo" e as pessoas que ele atacou, foram rudes por pensarem se tratar de um sem teto. Depois outras pessoas o filmaram, novamente bêbado, desejando que o grupo todo morresse numa câmara de gás.

Ele me pareceu farto, cansado e arrogante, como boa parte da população da terra. O problema foi que ele, ao beber, perdeu seu senso e deixou que todos soubessem de sua amargura. Como é uma estrela - não podia deixar por menos - tocou numa ferida ainda aberta, para esta época, falou do anticristo do século XX e o apoiou. Neste momento cavou sua sepultura na alta costura. Pelo menos por agora...

Acho que o repúdio a ele foi mais por conta do cuidado com a  imagem na mídia do que uma real compreensão da insanidade de Hitler. Vivemos todos, ainda, uns nos achando melhores que os outros, e desejando que alguns, principalmente aqueles que nos atrapalham de viver, desapareçam.

Penso que ao invés de só repudiar a atitude de Galliano (o estilista famosos) deveríamos reconhecer nela, de vez em quando, nossa própria arrogância. Usar o episódio para conhecer aspectos hitlerianos em nós. Refletir o quanto, como grupo, ainda acreditamos que existam os melhores e a escória, mas que nos mantemos calados, negando aquele que denunciou nossa vergonha.

John Galliano, abriu a boca porque bebeu, está cansado de parecer, de ter uma imagem. Ele gostaria que todos nós sumíssemos e só os melhores como ele sobrevivessem. Mas quem pode realmente dizer quem são os melhores mesmo? Este episódio poderia ter sido utilizado de forma mais educativa, se nós não tivéssemos com tanta pressa de calar o estilista.

Talvez precisássemos beber, além da conta, e nos deixar filmar para ver o que aconteceria...

Namasté!

Leia também:
Alguém que dá Defeito
Coragem de ser Você

2 comentários:

  1. Excelente texto, dá muita margem a reflexão. Beijos, minha amiga.

    ResponderExcluir
  2. Pensador Louco:

    Obrigada!!!
    Eu também fiquei pensando muito.
    Quando eu faço a mesma coisa que ele?
    Bjs!

    ResponderExcluir

Oi queridos/das, adoro ler comentários, contribuam para o meu prazer! Obrigada.