terça-feira, 6 de outubro de 2009

Inveja – O que é?

No dicionário, ela é o “desgosto ou pesar pelo bem estar ou pela felicidade de outrem” e o “desejo violento de possuir o bem alheio”. Por essa definição não pode haver inveja “boa”, este é um sentimento destrutivo tanto para quem tem quanto para quem é alvo e não toma cuidado.

Tenho debatido muito essa mania atual de confundir conceitos empobrecendo-os. Inveja é ruim e ponto. Não é por que eu tenho que ela passa a ser boa, pois em mim o mal se transforma automaticamente em coisa do bem.

A inveja é fruto de uma profunda sensação de inferioridade e principalmente incompetência. Eu estudei esse sentimento em mim e vi que no momento em que eu o sentia, vinha junto uma sensação de incapacidade, a crença de que eu não conseguiria obter o mesmo que aquele outro, logo surgia uma mal estar e sutilmente um desejo de que ele não tivesse aquilo, que não me ofendesse, esfregando na minha cara a minha inabilidade.


O que saía de minha boca a partir daí era desmerecimento da conquista do alheio. Eu começava a dizer que era fácil para ele, pois tinha alguém ajudando ou que aquele evento não tinha valor real. Na minha imaginação (e língua) tudo o que causava mal estar a mim era destruído. Acredito que nunca cheguei de fato a destruir nada nem ninguém, mas a semente estava lá, e se eu fosse um pouco mais descontrolada, talvez tivesse agido nessa vibração.

Passei muito tempo observando essa emoção em mim e ela foi ficando minha conhecida até eu poder conduzi-la para caminhos mais construtivos. Então aprendi o termo “modelar” que significa imitar positivamente uma pessoa que considero de sucesso em algo, até eu ter minha própria maneira de agir. Isso é o que alguns chamam de “inveja boa”, mas devemos usar o termo mais adequado para não confundir. Inveja é destrutivo, sempre. Modelar é quando você realmente transforma o sentimento e percebe que a outra pessoa faz um caminho legal, que pode ajudá-lo a andar mais facilmente.

Você não quer destruir, desmerecer, nem prejudicar, você quer apenas facilitar sua vida. A base dessa ação é auto confiança, você sabe que pode fazer também, o vizinho já não lhe ofende com seu sucesso, você fica feliz com as conquistas dele e segue sua trilha com alegria. A emoção que move essa ação é felicidade, confiança, bem estar, contentamento pelo outro e por si; bem diferente da inveja que tem por base a cobiça, a vontade de destruir, o mal estar, a infelicidade, a desconfiança de suas capacidades. Pense nisso, dê nome certo aos bois!

Namasté!

Este texto foi sugestão de Regina do blog Devaneios de uma Vida, uma assídua leitora do Múltiplas. Rendeu três textos e no próximo falarei das pessoas que se sentem vítimas desse sentimento. Aguardem!


Outros textos:
Hábitos de Leitura
Ansiedade Estresse Depressão
Arrogância

21 comentários:

  1. A inveja é a prima mais próxima do ódio. E a irmã legítima da incompetência.Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá, Nanda

    Vc tocou em um ponto a confusão entre os conceitos.Por exemplo se desejo o que o outro têm e batalho para consiguir o mesmo não é inveja é cobiça.A inveja é vil é egoista.Ninguém gosta de admitir. achei bacana da sua parte em assumir que já passou por isso.

    beijos no coração!

    ResponderExcluir
  3. É complicado esse processo.
    Eu sempre trilhei meu caminho e sempre me alegrei pelas conquistas dos outros. E o fato de que outra pessoa que esta próxima a mim, tem algo que eu quero, me estimula ainda mais correr atrás dos meus objetivos... Vejo que é possível conseguir.
    Talvez isso seja a modelacao que vc citou.

    A parte chata de qdo te invejam é que tentam te ofuscar.
    É algo que sempre falha, pois é impossível alguém tirar o que eu levo dentro.
    Mas dificultam nosso caminho... E mtas vezes me sinto desestimulada.
    Dá para ver na cara dessas pessoas a felicidade estampada qdo tropecamos. Isso é triste!

    Bssssssssssssss FE

    ResponderExcluir
  4. Pois é Nanda... Concordo muito contigo! Não existe essa de inveja boa, ou se tem inveja ou não... E isso não é legal!
    Beijos menina, ótimo texto para reflexão ;)

    ResponderExcluir
  5. Olá, Nanda!!

    Primeiramente, quero agradecer imensamente por este post, muito bem escrito, como sempre...

    Também acho que não existe inveja boa e assino em baixo td que a amiga de cima (Fernanda Medeiros) escreveu...

    Sempre quando vejo as conquistas de outras pessoas, fico muito feliz e, se essa conquista tbém me atrai, sinto que sou capaz e vou atrás... mas não fico lamentando ou ofuscando (como bem disse a amiga) o sucesso do outro...

    Realmente, é complicado... vou aguardar o próximo texto pq será bem interessante!

    Grande beijo, muito obrigada por me avisar sobre o post. Voltarei com mais calma no fim de semana... Até!

    ResponderExcluir
  6. Rô Castro:
    Não entendi bem o conceito de cobiça que vc tem...
    Mas concordo que precisamos ser mais precisos ao descrever nossos sentimentos e atitudes.
    Acho que quando assumo minhas próprias falhas em público, liberto os outros para a mesma coisa mesmo que seja de forma particular para eles.
    Bjão!


    Fernanda:
    Sim, podemos substituir inveja por modelagem, é mais saudável e frutífero!
    Quanto aos outros lhe invejarem leia o próximo texto, talvez lhe dê algumas ideias!
    Bjão!


    Tita:
    Obrigada!
    Penso assim, gosto da ideia de precisão acho-a facilitadora da convivência!


    Regina:
    Eu é que agradeço a inspiração, me ajudou muito suas perguntas!
    Essa é a chave para não sentir inveja, saber que podemos fazer também!
    Acho que vc vai gostar do próximo texto também!
    Por nada, eu não queria que deixasse de ver sua obra!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  7. Texto ótimo, concordo, inveja é algo ruim, é destrutivo sim, não há como extrair algo de bom disso.
    O que é bom é outra coisa, se chama admiração.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Ola, Nanda
    Explico não é definição de Cobiça do dicionário que é; desejo veermente de possuir,ambição de riquezas,e avidez.Basiei-me em um livro maravilhoso do Zuenir Ventura Sobre a diferença entre inveja e cobiça sentimentos tão semelhantes que se confudem inclusive no livro,o mesmo diz que é mais fácil as pessoas admitirem terem cobiça à inveja.o que citei foi a definicão dele não minha !Mas confesso que desejei ter o que outro tinha,mas não ficava com raiva do outro por não ter!.
    o nome do livro é Mal Secreto-Inveja
    beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi Amore
    Adorei o post e me fez lembrar que infelizmente convivo com isto diariamente.Tem pessoas que dizem:amiga eu tenho uma inveja boa de você,nunca achei isto algo bom e concordo quando você diz que é inveja e ponto!
    Me protejo fazendo o hoponopono e desejando que esta pessoa evolua.
    Você sempre escreve algo prazeroso que nos faz refletir.
    Obrigada por comentar do meu blog,obrigadãoooooo!
    Bjs amore!

    ResponderExcluir
  10. Sandra:
    Foi isso mesmo que quis dizer!
    Bjão!


    Rô Castro:
    Aaaah, bem que desconfiei que tinha mais coisa aí, mas é perigoso usar uma definição tão particular... É justamente isso que falo, pode confundir mais do que ajudar.
    Não deveríamos usar palavras negativas num intuito de torná-las positivas... Parece que queremos atenuar o mal que há nelas, acho melhor criar uma palavra nova, fica mais claro e arrumado para mim.
    Sorte sua então, eu já tive raiva sim, hoje está um pouco melhor, mas não sumiu de todo...
    Bjão!


    Lília:
    O importante é vermos isso na gente!
    Acho bom o uso de positividade para o outro, devemos nos disponibilizar para ajudar a elevar a vibração de todos!
    Obrigada! Eu me esforço bastante!
    Por nada é um prazer falar de coisas bonitas!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  11. OLÁ! ME CHAMO MILENA E CREIO QUE INVEJA EM PRIMEIRO LUGAR NADA MAIS É QUANDO A PESSOA NÃO SABE AINDA DE SEUS OBJETIVOS, SUA FUNÇÃO NESSA TERRA,OU SEJA, OS SONHOS DE DEUS QUE É MELHOR PARA SUA VIDA. PERDENDO O FOCO E COMEÇA A OLHAR E DESEJAR A DESTRUIÇÃO DA VIDA ALHEIA. OU SEJA, NÃO CONHECE A SI PRÓPRIO, REVELANDO FALTA DE COPETÊNCIA, JULGAMENTOS MALDOSOS E ATÉ MESMO COMENTÁRIOS MALDOSOS, COM INTUITO DE DESTRUIR, NÃO DIGO A IMAGEM, MAS A VIDA DA PRÓPRIA PESSOA QUE ESTÁ SENDO VÍTIMA DESSE SENTIMENTO DESTRUIDOR. A INVEJA É FORMADA POR: SENTIMENTO DE INFERIORIDADE, EGOÍSMO, MUITA FOFOCA MALDOSA, DESEJO DE NÃO VER A PESSOA FELIZ, A PESSOA DESEJA VIVER A VIDA ALHEIA E ESQUECE DA SUA VIDA ESSES SÃO OS PRINCIPAIS SINTOMAS, OU SEJA, SINAIS DA INVEJA NO SER HUMANO. A PESSOA PENSA QUE A VIDA ALHEIA É MELHOR QUE A SUA E AÍ ONDE QUEBRA CARA.
    POIS O MELHOR SEMPRE SERÁ OS SONHOS, DESEJOS DE DEUS PARA A VIDA DELA, AFINAL DE CONTAS DEUS SABE O QUE A PESSOA NECESSITA, ELE SABE O QUE É MELHOR PARA VOÇÊ E NÃO VOÇÊ!!!!!!! OBRIGADA PELA OPORTUNIDADE DE EXPRESSAR O QUE PENSO. BEIJOSSSS!MILENA FRANCO.

    ResponderExcluir
  12. DEIXO UMA FRASE ESPETACULAR E CONSTRUTIVA DE FORMA BENÉFICA PARA OS INVEJOSOS!

    FRASE ESSA QUE É DO AUTOR:SÃO CRISTÓVÃO, 2003 - SER FELIZ HOJE.

    A FRASE É A SEGUINTE:

    QUEM NÃO É FELIZ COM O QUE POSSUI, TAMBÉM NÃO SE CONTENTARIA COM AS COISAS QUE GOSTARIA DE TER.

    ResponderExcluir
  13. Milena:

    Também acho que a inveja é um sentimento fruto do não conhecer-se.
    Vc fez um ótimo complemento às minhas ideias, espero que volte sempre para iluminar com suas ideas meu blog!
    Bjão!



    Anônimo:

    Ótima frase!
    Obrigada!
    Espero que da próxima vez que me visitar, me deixe saber seu nome!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  14. Muito bom.Gostei muito.Temos muitos sentimentos bons para cultivarmos e que nos fazem bem.
    Obrigada por partilhar conosco coisas que mostram verdades . Um abraço.

    ResponderExcluir
  15. Maria de Lourdes:

    Obrigada!!!
    Eu também acho que devemos dar mais atenção ao bom do que ao ruim!
    Está sendo um prazer compartilhar e receber de volta!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  16. Nossa Nanda, inveja é uma @#$% mesmo...
    Eu já passei por essa situação, vinda de outra pessoa, sentia essa energia ruim!
    Ainda bem que passou e agora sigo em paz e feliz
    bjs

    ResponderExcluir
  17. Maria Aguiar:

    Difícil mesmo é quando a gente vê esse sentimento na gente... Quando vê!
    Que bom vc ter seguido em paz!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  18. Oi Nanda, olha eu aqui novamente !!!
    Dessa vez eu quero dizer que não existe nada mais mesquinho do que o senti,mento de ionveja que as pessoas cultivam contra que obtem sucesso, seja em que ramo de atividade humana o sucesso aconteça.
    Tem muita gente que em vez de espelhar-se no exemplo dos vencedores prefere torcer pelo fracasso alheio, pelo simples prazer de esfregar as mãos e dizer "bem feito" !!!
    A inveja na verdade não passa de uma fraqueza moral que restringe a capacidade do sujeito invejoso e o torna um ser humano deplorável, miserável e fracassado.

    @DRLUIZSANTANNA

    ResponderExcluir
  19. drluiz:

    Este é um sentimento de pessoas inseguras, coisa que nossa sociedade produz aos baldes.
    De vez em quando eu sinto principalmente quando me sinto pouco segura e sei que não é fácil...
    Bjão!

    ResponderExcluir

Oi queridos/das, adoro ler comentários, contribuam para o meu prazer! Obrigada.