segunda-feira, 6 de julho de 2009

Dia Mundial da Cooperação.





Dando continuidade a proposta de Lília do Arco íris da Vida,sobre dias comemorativos, decidi escrever textos sobre alguns dias que achei especialmente importantes e que tem a ver com a proposta do meu blog.

E o primeiro foi o dia da Cooperação. Hoje.


Venho trabalhando a ideia de cooperação com os pais que tenho contato, digo que, na verdade, eles não querem filhos obedientes e sim filhos colaborativos, cooperativos. Prole obediente é prole morta, soldados não criativos que repetem sem questionar. Não precisamos mais de gente assim no mundo. Semi vivos, zumbis, repetindo roboticamente comportamentos aceitáveis.

Precisamos de gente viva, mas que colaborem para a criação de uma existência rica, justa e amorosa. Então a palavra é cooperação, podemos ensinar a nossas crianças o significado dessa palavra que é participar, contribuir para, ajudar, colaborar para uma vivência harmônica; para que as coisas funcionem melhor para todos, numa existência justa e afinada.

Os pais devem ser o exemplo disso. Será que o marido e a esposa colaboram um com o outro para uma vida boa, amorosa? Como desejar um mundo colaborativo se a mais essencial das células (casal) não age assim? Como exigir isso dos filhos se não damos exemplo.

Desistam de mandar! De querer ter poder! Não é no comando que se encontra harmonia. Ninguém gosta de obedecer. Já colaborar, participar se sentir pertencendo... Todos desejam. Meu apelo é: neste dia e todos os dias lembrem-se de cooperar e agir constantemente assim. Abram mão do poder, não queiram mais ser generais que só sabem guerrear, sejam da paz, colaborem, cooperem, juntem forças num objetivo comum: Viver em paz!

E você o quanto está disposto a colaborar?

Namasté!

Leia Também:


20 comentários:

  1. Esse é um post maravilhoso e com um objetivo perfeito:Viver em paz.Todos podemos cooperar!beijos e uma senmana feliz,chica

    ResponderExcluir
  2. PERFEITO!!!
    CONFESSO QUE PRA MIM É UM DESAFIO QUE TENTO VENCER TODOS OS DIAS: ESSE MEU LADO GENERAL!!!
    SEI QUE É FRUTO DA EDUCAÇÃO AUTORITÁRIA QUE TIVE E QUE COM MEU LIVRE ARBÍTRIO POSSO MUDÁ-LO E EU QUERO MUDAR. QUERO ABRIR MÃO DO PODER QUE ME FAZ GUERREAR NA VIDA!
    QUERO PAZ! NO GUERREAR DIÁRIO ME SINTO PRISIONEIRA E CULPADA NOS MOMENTOS DE PAZ: LIVRE, LEVE E SOLTA!!! TÃO MELHOR...
    ESTOU TENTANDO...
    UM DIA DE CADA VEZ...
    NAMASTÊ

    ResponderExcluir
  3. Eu passei a ter grandes progressos com meu filho pequeno quando implantei a cooperação.

    Já com adultos, nos muitos anos em que fui líder nas atividades da igreja, vi que não funciona. A maioria dos adultos, se a gente pede cooperação, eles se acomodam, e ficam esperando os outros fazerem.

    Adulto eu já notei que "gosta" de ser mandado.

    Já fui chefe em escritórios também, e lamento ter de dizer isso: é preciso muita maturidade no grupo pra esse tipo de coisa funcionar.

    Com criança a coisa funciona melhor.

    ResponderExcluir
  4. Amiga
    Estive um dias ausente porque meu pai faleceu,fiquei sem inspiração,sem chão e estou aprendendo a conviver com a ausência.
    Adoro seus posts e este vem bem de encontro comigo rsrsrrs.Eu casei em dezembro depois de um namoro rápido de 6 meses e estamos aprendendo a dificil arte de cooperar.Tem dias que quero mandá-lo para os Emirados Árabes e tem outros que quero bem pertinho.As diferenças tem que ser respeitadas,estamos juntando forças para vivermos em harmonia porque conflitos sempre existem basta saber lidar com a realidade.Amar é bom ,compartilhar melhor ainda e viver em harmonia não tem preço.
    Beijocas amore!

    ResponderExcluir
  5. As palavras convencem, mas os exemplos arrastam!
    Lendo teu post me lembrei do livro “O Pequeno Ditador” de Javier Urra. Ele diz que um filho requer tempo, atenção, conflito e esforço! Mostra a tênue linha que separa o autoritarismo da tolerância. Diz das dificuldades enfrentadas pelos pais num mundo capitalista e imediatista que sabe os colocar sempre numa situação constante de culpa se não disserem um sim a tudo os que os seus pequenos pedirem e fizerem.
    Realmente, não queremos pessoas teleguiadas por falsos valores, mas crianças que se tornarão adultos pensantes. Pessoas que saibam lidar bem com as suas frustrações, aceitar os “nãos” da vida e que possam, pelas suas atitudes responsáveis, viver em harmonia consigo mesmo e, conseqüentemente, com o Todo que os cerca!
    Comecemos em casa, mudemos em casa e só assim teremos a paz que TODOS desejamos!

    Lindo post, Nanda!
    Faz pensar...
    Uma semana de luz e paz pra ti!
    Bjão.

    ResponderExcluir
  6. Não sou jornalista nem escrito. Sequer escrevo bem. Sou aposentado. Meu imposto de renda é retido na fonte pelo INSS. Já nosso querido apedeuta tem sua receita de INSS como anistiado político acima do teto do INSS livre de IR.
    Minha forma de lutar contra os desmandados implantados por este governo corrupto no Brasil é através de um blog http://brasillivreedemocrata.blogspot.com/
    Gostaria de contar com a presença e dos comentários das pessoas de bem que não se conformam com a desonestidade, a falta de ética e a corrupção em nosso governo.

    ResponderExcluir
  7. Vim agradecer a sua visita.
    Obrigada por estar torcendo por mim.
    Com carinho
    Sandra

    ResponderExcluir
  8. Falar e mandar são necessários as vezes com o filho porém os filhos são absurdamente absorvedores do que os pais fazem, falam e interagem uns com os outros.

    Assim o filho ver atitudes do pai e mãe tendem a replicar isso de alguma forma, tendem a absover opiniões dadas diante de fatos na TV, tendem a replicar comportamentos da mae e do pai um com os outros.


    Eu digo o seguinte: LArgem a bosta da TV e vá criar seus filhos! Parem de confiar na escola e no estado pra dizer o que pode ou nao pode.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Brilhante idéia... Assumir uma atitude Cooperativa e colaborar com algo que venha trazer harmonia e paz, melhora a vida de todos.

    Namastê!
    Aloha!
    Hod.

    ResponderExcluir
  10. hehehehe alguns pais são tiranos frustrados!!

    Nanda, não esqueci de te avisar, é que tenho ficado pouco na web; faz alguns dias, postei sobre o link que estava inacessível na postagem "Porque eu blogo", lembra-se?

    http://luzdeluma.blogspot.com/2009/07/50-dicas-para-blogueiros-iniciantes.html

    ResponderExcluir
  11. Chica:

    Obrigada!! Sim acho que exercitar a cooperação é algo bom para nós mesmos!Bjs!


    Diana:

    Concordo quando só guerreamos ficamos presos em uma resposta única e perdemos nossa capacidade de criar!Bjs!


    Bete:

    Adultos já estão muito condicionados, então fica mais difícil mesmo. Neste caso primeiro desenvolva compaixão, fica mais fácil ter paciência daí! Bjs!


    Lília Amorim:

    Sinto muito por sua perda! Obrigada por apreciar meus textos. O casamento é a arena mais difícil de exercitar a cooperação, há muito tempo homens e mulheres brigam por domínio...Persista e terá uma das melhores recompensas de sua vida! Bjs!


    Wania:

    Ainda não li este livro. Essa situação dos pais da modernidade é difícil mesmo! Vc complementou muito bem meu texto, obrigada! Meu desejo quando escrevo é justamente fazer pensar. Bjs!


    Laguardia:

    Espero que transforme sua luta em ensinamento e motivo de reflexão, para mim essa é a melhor forma de revolucionar! Cuidado com a raiva, ela cega e perdemos o melhor dessa energia: a força de transformação! Abraços!


    Sandra:

    Torcerei sempre, mas devo confessar que fiquei com uma pontinha de despeito! Sorry! É a minha natureza baixa falando! Bjs!


    Sílvio Koerich:

    Às vezes é preciso ser firme com as pessoas inclusive as crianças. e elas aprendem por copiar os adultos ao redor. Concordo, quando alguém escolhe ser pai e mãe, tem o dever de trabalhar em sua educação. Abração!


    Hod:

    Obrigada! Isso combina muito com o espírito Aloha, não?! Bjs!


    Luma:

    Sim, esquecemos de nossa vida infantil e descarregamos nossas frustrações nos pequenos! Sorry! Sou mesmo uma cabeça de vento!Bjão!


    Obrigada a todos pelos comentários, carinho e visita ao Múltiplas!

    ResponderExcluir
  12. Show de bola, Nanda! De fato, a cooperação precisa ser cultivada e a família ainda é o melhor espaço para o cultivo de valores. Sabe, ler seu post ainda me faz ter esperança na educação, afinal, ainda existem pessoas acreditando nela, acreditando na família, acreditando nas crianças e nos adolescentes que nos são entregue. que bom!!!

    ResponderExcluir
  13. Olá,Nanda

    Cooperação é quase uma norma de bem viver!Sem ela,a humanidade ainda estava engatinhando..

    Ótimo texto!Parabéns!

    ResponderExcluir
  14. Amanhã cedo, dia 09.07 vou postar um anjinho protetor para vc. passe lá.
    Ele é especial para vc.amiga.
    Com carinho
    sandra

    ResponderExcluir
  15. ELAINE:

    Obrigada!!! Eu tenho fé na gente! Vamos levar um tempão, mas estamos no caminho da humanidade!

    Bjão!



    VÊNUS:

    Obrigada! Sim esse é um dos recursos melhores para a vida em comum, falta mais pessoas acreditarem nisso!


    SANDRA:

    Muito obrigada linda! Adoro anjos! Vou buscar o meu! Bjão!

    ResponderExcluir
  16. Nanda , amiga , your commentary a bout the obligation among spousa and husband is true , the real love , and the behavior of the couple , will lead the rest of the family for the best way ,,!! great text , full of love and concern .You are a great woman , amiga .

    ResponderExcluir
  17. Elias:

    That's my first commentary in english!!!!
    And came from you my precioso friend!
    I am so happy!
    Well, yes, if the couple don't be in harmony the rest falling down!
    Thanks for your visit!
    Kisses and hugs!

    ResponderExcluir
  18. Olá, Nanda
    Parabéns pela reflexão.
    Sou Consultora da Cult Coop - Cultura da Cooperação-Sebrae/ES.
    Hoje encontrei exatamente o que precisava para complementar uma idéia.
    Obrigada pela contribuição.
    Namastê,
    Suzanna

    ResponderExcluir
  19. Suzanna:

    Obrigada!!!
    Que legal, eu poder ter contribuído com sua ideia, e gostei de saber que existe algo organizado fomentando uma cultura de cooperação!!!!
    Parabéns e sucesso!!!!
    Bjão!

    ResponderExcluir

Oi queridos/das, adoro ler comentários, contribuam para o meu prazer! Obrigada.