domingo, 26 de julho de 2009

Como se tornar mais confiante e assertivo


Robert Albertini e Michael Emmons
Tradução de Marcos Santarrita
Rio de Janeiro: Sextante, 2008

217 pg.


Comprei o livro pelo título, acho interessante a ideia de ser firme, penso inclusive que hoje em dia essa qualidade é muito necessária nas relações humanas. Ao lê-lo, fiquei com a impressão de que era livro para empresa; explico, me deu a sensação de ser um receituário para uma forma de funcionário padrão eficiente. Então não gostei muito, talvez deva lê-lo mais para frente para saber se não foi apenas um preconceito meu.

O que eu gostei foi de ter o conceito de assertividade. Eles dizem que " o comportamento assertivo promove a igualdade nas relações humanas, permitindo que possamos agir de acordo com nossos interesses, defender nossas posições sem ansiedade, expressar nossos sentimento de maneira honesta e tranquila e exercer nosso direito sem negar os dos outros"

Essa também é a definição de pessoas saudáveis e madura, que não se enxergam nem superiores, nem inferiores à ninguém. Portanto podem ser livres para ser quem são e se sentirem iguais e à vontade para se expressar e respeitar os outro.

Eles dão as dicas para construir esse tipo de comportamento, mas eu prefiro o velho e bom auto conhecimento. No modelo psicoterapêutico, no qual a gente conversa num clima de aceitação e vai aos poucos se conhecendo. De qualquer forma, acho que o livro vale pelos conceitos que traz. Ele ajuda a vermos onde estamos e para onde podemos ir. E se a pessoa quiser fazer os exercícios , melhor. Eu fiquei apenas com os conceitos, pelo menos até minha cisma passar...

Boa leitura!

Outros livros:
Auto estima um bem essencial
Treinando a emoção para ser feliz
Felicidade Autêntica

18 comentários:

  1. Nanda,
    adorei o texto.
    Explico: eu tenho um cuidado enorme e até fujo (mas aí é meu preconceito) de livros com dicas disso ou daquilo, que se for feito/seguido determinados passos, conseguirá atingir tals e tals objetivo. Acho que não, daí concordo com o bom e demorado (claro que é um processo demorado imagine passar dezenas de idade sem estar no processo) de autoconhecimento, e ainda, não acredito que exista fórmula pronta, pra cada um, sua própria fórmula/processo.
    A assertividade é muito interessante, pois aponta ao seu interlocutor a sua posição, formação, etc... Mas, crie a sua...rs
    Muito bom, viu?
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Eu nunca consigo terminar esse tipo de leitura...

    ResponderExcluir
  3. Oi amiga!
    Estou aqui na casa dos meus pais.
    Por aqui está muito frio.
    Meu sobrinho, mora aqui.
    Ele está muito bem.
    Já engordou e sente bem forte.
    Falei de vc. para ele.
    Ele está mandando um abraço para vc.
    Com carinho
    Sandra

    ResponderExcluir
  4. Nanda,
    Não compraria um livro desse nem em 1000 anos...
    Livro prá mim tem quer ser interessante até na capa, e esse aí achei meio tedioso...
    Obrigado pela Visita...

    Bjão

    ResponderExcluir
  5. Todo livro de auto-ajuda tem algo positivo. Sou a favor de aproveitar deles o que é bom. O problema que acontece comigo é que se não estiver sempre à mão, o livro, ou as dicas, acabando esquecendo!!
    Gostei demais do seu blog.

    Abçs e ótima semana
    Adriana

    ResponderExcluir
  6. Nanda, ao contrário de muitas pessoas que têm preconceito com relação a livros de auto-ajuda, eu digo que adoro este tipo de leitura...

    Estes livros induzem ao nosso auto-conhecimento e depende de nós mesmos tirarmos proveito deles...

    Eu, pelo menos, consegui "sair do buraco", numa época da minha vida, por mim mesma... Não precisei ir à psicólogos, fazer terapia, nada... Eu, por mim mesma, venci com a ajuda desses livros...

    As pessoas deveriam ler, antes de criticar este tipo de livro...

    Enfim...

    Tenha uma ótima semana, beijos!!

    ResponderExcluir
  7. Olá Nanda!!! Confiança e Assertividade realmente são dois atributos que promovem atitudes excepcionais...vale a pena desenvolvê-las..

    Amiga tem um presente dourado para vc lá no blog.... Obrigado também pelas dicas...estão ajudando bastante.!!

    Bjss!!
    Aloha!!
    Hod.

    ResponderExcluir
  8. Cristiano:
    Mesmo com os livros o processo é demorado, não se modifica algo tão internalizado em dias...
    O tema do livro é ótimo!
    Obrigada, vc sempre elevando minha auto estima!
    Bjs!


    Bel:
    Talvez vc ainda não tenha encontrado um livro que realmente lhe interessasse...
    Bjs!


    Sandra:
    Que bom saber so seu sobrinho!!!
    Manda um bjão para ele, espero que ele possa aproveitar sua recuperação!
    Bjão!


    Mylla:
    Que pena! O conteúdo, tirando alguns conceitos empresariais, é muito bom e acho que podia ajudar muito vc. Cuidado com impressões superficiais!
    Vou fica acompanhando o leitura.
    Bjs!


    Íntimo e Pessoal:
    Concordo! Eu gosto muito de lê-los, ajudam muito a mim e ao meu trabalho!
    É preciso ter à mão mesmo, internalizar conceitos diferentes dos nossos dá trabalho!
    Obrigada!
    Boa semana!


    Regina:
    Eu também tinha, mas graças a minha inteligência, estou ficando cada vez menos preconceituosa!
    Acho que se seguirmos as dicas bem direitinho, somos ajudados, mas não descarto o processo feito com uma pessoa ao vivo, pois facilita muito.
    Bjão!


    Hod:
    Também acho!
    Obrigada pelo presente! vou lá buscar!
    As dicas também serviram demais para mim, por isso passei para vc!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  9. Oi linda!
    Amiga como eu trabalho com vendas eu sempre compro algo do gênero mas confesso que são repetitivos demais porque não deixa de ser auto ajuda,na verdade sempre tem algo interessante para aproveitar.Uma vez trabalhei com uma pessoa que dava palestras em empresas,convenções etc.Um dia antes de uma palestra eu fui separar o material e checar tudo quando vi que ele escreveu o seguinte:como vou motivar este povo se não estou acreditando mais em repetições?se estou sem vontade para nada?Fiquei pensando que nossas respostas estão dentro de nós porque ninguém nos motiva a não ser nossa vontade de ir além,pouco tempo depois eu deixei a empresa com grandes lições mas a maior delas:só eu posso fazer o melhor por mim!
    Boa semanaaaaaaa!
    Beijiocasssssssss


    Ah
    Amiga geralmente não sai tão barato mas vale a pena.Quando eu falo mais caro não é tanto porque por exemplo se você escolher um eucalipto já diminui os valores.Na verdade é bom fazer uma pesquisa de materiais e do projeto,eu também quero uma assim,ja´tenho o projeto so falta uma coisa básica:dinheiro kkkkkkkkkk.

    ResponderExcluir
  10. Oi Nanda, tudo bom? Há quanto tempo, hein....voltei de viagem faz alguns dias, aos poucos estou retomando a rotina. Agora peguei um tempinho pra curtir teu blog que é super interessante. O legal é que estou numa fase bem introspectiva, então estou encontrando muita coisa bacana por aqui.
    Um grande abraço!

    Sil
    esquinadasil.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Algumas pessoas têm dificuldades de desenvolver certos conceitos dentro das relações de trabalho, justo porque diferentemente das relações pessoais, nem tudo deve ser exposto de maneira que gere ou leve a pensar em alguma intimidade, devendo ser interpessoal. O livro é válido por isso. Quer dizer, não li ainda, mas dentro da empresa, sempre indico aos 'calouros' algumas leituras. Boa semana! Beijus

    ResponderExcluir
  12. Nanda, tem selinho pra você, la no anjos sem asas.
    beijão
    Angel

    ResponderExcluir
  13. Lília:
    Sim, acho que essa mentalidade empresarial é massacrante e não respeita as nuances humanas, querem que funcionemos como máquina.
    Para mim este é o erro.
    Mas gosto de livros de auto ajuda.
    Obrigada pela dica da casa! Vou pesquisar!
    Bjs!



    Silvana:
    Obrigada e bem vinda de volta, espero que sua viagem tenha sido muito proveitosa!
    Espero que vc se divirta aqui!
    Bjs!


    Luz:
    Sim, acho que o livro pode ajudar, apenas devemos lê-lo com bom senso e olhando com cuidado.
    Relações são sempre complicadas quando há pouco autoconhecimento.
    Bjs!


    Angel:
    Vou lá buscar, linda!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  14. Tem razão Nanda a mentalidade empresarial pode tornar-se um pé no saco cheio de regrinhas estupidas. Esse livro tambem pensei que era pra vida etc mas também parece ser pra empresa

    Que pé no saco!

    ResponderExcluir
  15. Sílvio:
    É...Mas sabe? Tenho aprendido a fazer suco até de Pé no saco?
    De tudo eu aproveito um pouco!
    Não gosto dessa mentalidade de produção, mas às vezes tiro coisas legais para viver melhor.
    Bjão, búfalo querido!

    ResponderExcluir
  16. Nanda querida, como vai vc?
    Passei só pra te visitar mais um bocadinho e dizer que te gosto demais!

    Obrigada por suas visitas, um beijo grande e carinhoso, CON

    ResponderExcluir
  17. Con:
    Eu estou ótima!
    Que visita boa e que motivo maravilhosos!
    Por nada, é um prazer lhe visitar!
    Xerinho!

    ResponderExcluir

Oi queridos/das, adoro ler comentários, contribuam para o meu prazer! Obrigada.