quarta-feira, 15 de julho de 2009

Tertúlia Virtual - TEMA LIVRE

"Vamos começar colocando um ponto final"

Música Livre:






Tudo novo de novo Vídeo no Orkut

Imagens Livre:




Texto Livre:


O ar é minha casa
Impossível de capturar
É só pra sentir
É só sensação

O vento é meu movimento
Zunindo, inquieto, rápido

Liberdade é meu nome
Solta, arredia, indefinível

Livre é meu estado de espírito
Voa acima do juízo comum.


FIM

É o fim para um novo começo. Fecha-se assim um ciclo de trocas de sucesso.
Choremos!
Vida longa à Tertúlia em nossas mentes!
E que venha a próxima estação!


"E vamos terminar inventando uma nova canção, nem que seja uma outra versão, pra tentar entender que acabou."

Outras Tertúlias:

Esta postagem faz parte da Tertúlia Virtual, promovida por Jorge Pinheiro (Expresso da Linha) e Eduardo P.L. ( Varal de Idéias), que está fechando um ciclo de um ano com uma grande celebração ao êxito!

Mais participantes do Tertúlia Virtual, aqui






46 comentários:

  1. Lindo! É sempre triste um fim quando foi tão bom! beijos e tudo de bom.Ficou a amizade e a Tertúlia fica na memória das coisas boas,chica

    ResponderExcluir
  2. Ficou lindo Nanda!
    Mesmo depois do seu fufoco para a inscrição.
    Ficou maravilhoso.
    Parabéns.
    Pela que acabou.
    Com carinho
    Sandra

    ResponderExcluir
  3. Ficou muito bonito Nanda...
    Que pena que acabou né?
    Estou no tertúlia no Lua Imaginada...
    No Ideias há o meu desabafo...
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Hoje o sentimento é dividido, choramos o fim de algo belo e celebramos o começo de algo ainda misterioso, mas que promete ser ainda melhor.
    Você marcou este momento com muita sensibilidade, na música, nas imagens e com a poesia, e lembrando sempre do tema "liberdade". Parabéns!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Viva, Nanda!

    Chorar?! Jamais!

    Sempre em frente, porque o melhor está sempre para vir.

    É essa a máxima da vida.

    Abraço

    Ruben

    ResponderExcluir
  6. Oi Nanda!

    Muito legal a forma com que você escreveu sobre a Tertúlia em tema livre.

    Eduardo e Jorge conseguiram criar um meio de fazer com que pessoas muito interessantes se conhecessem melhor de uma forma toda especial! A Tertúlia reuniu pensamentos, ideias e posicionamentos dentro de um meio virtual, que resultou em várias amizades reais. A eles: nosso "MUITO OBRIGADA!!"

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Lindo, porém ainda me sinto órfâ.
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Nanda: Lindo poema este, em homenagem à tertúlia, que agora termina!

    As fotos então, convidam para um passeio em liberdade, sem nada que nos prenda, sem olhar duas vezes para trás e assim seguir em frente!

    Faz-me falta este tipo de liberdade...

    Gostei!

    Bjs Susana

    ResponderExcluir
  9. Oi menina de Luz própria rs ....gostei do seu tema Livre ...Mto Positivo e bola pra frente !! Beijo grande

    ResponderExcluir
  10. Nanda,

    mil perdões pelo que o Mister Linky´s aprontou. Obrigado por mesmo assim estar participando. Vou tentar reparar o dano lonkando-a no VARAL e na CENTRAL,

    Bjs e parabéns pelo seu post!

    ResponderExcluir
  11. Oi,Nanda
    Linda sua postagem e homenagem.Também fiquei triste,mas sei que vem algo melhor por aí!
    Agradeço à Tertúlia por ter conhcido você e outros amigos de quem não vou esquecer!
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. NANDA MINHA LINDA, AMIGA E DOCE SABOROSO DESTA BLOGSFERA. OBRIGADA PRIMEIRAMENTE POR SUA IDA POR LÁ, MASI UMA VEZ, VC É IMPLACÁVEL, NÃO FALHA NUNCA! ADMIRO SUA LINHA RETA DE PENSAR E SER...

    ADOREI A MÚSICA ESCOLHIDA E ATÉ GOSTARIA DE SABER QUEM CANTA... VOU OBSERVAR MELHOR AGORA ENQUANTO OUÇO, VOLTAREI LÁ PARA VER, SE DIZ....

    ENFIM, ADOREI TUDO POR AQUI E COMO VOC6E ACREDITO NUMA FASE QUE VIRÁ MELHOR QUE A OUTRA QUE FOI UM SUCESSO E DIVERTIDA, E QUE COM ELAS CHEGAMOS AQUI...

    QUE VENHA MAIS!


    UM BEIJO GRANDE, DA AMIGA,
    CON

    ResponderExcluir
  13. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK vOCÊ JA OUVIU DIZER QUE SANTO DE CASA NAO FAZ MILAGRE?

    KAKAKAKAK pAULINHO moSKA É MEU SOBRINHO KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK ACREDITA NISSO? POIS É, POUCO DESLIGADA , EU! MAS É LINDA A MÚSICA... LINDA MESMO! ELE TEM COISAS LINDAS E DESDE MENINO PEQUENO, TOCAVA MUITO VIOLÃO E CANTAVA... PERTO DA GENTE...

    sUA MÃE FERNANDA, ANDA DODÓI...
    MAS TUDO VAI BEM.. ELE TEM UM FILHO QUE SE CHAMA ANTONIO, É A COISA MAIS LINDA DO MUNDO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! OLHINHOS VERDES COMO OS DELE...

    BJSSSSSSSSSSSSSSSS

    CON

    ResponderExcluir
  14. Primeiro Nanda obrigado pela visita.
    E gostei muito do seu post,bem original, e é uma pena que essa foi a primeira vez que participei da tertulia e por concidencia é a ultima espero que venham mais brincadeiras!!
    beijos!!

    ResponderExcluir
  15. Fernanda,
    é tempo de celebrar!
    "E que venha a próxima estação!"
    beijos
    li

    ResponderExcluir
  16. Sempre existira um começo e um fim...por isso devemos aproveitar sempre o hoje para nao errarmos no futuro...apesar de sempre errarmos que ser humano nao erra ne???

    gostei da psotagem...
    bjaoo

    ResponderExcluir
  17. Nanda uma tristezinha pelo fim da Tertulia dá sim, isso é inevitável sentiremos saudades de tudo o que foi bom... mas não tem outra forma.
    Vamos seguir em frente, esperando por novos projetos tão bacana quanto esse!
    Muito legal seu post... um belo final!
    Um grande beijo e obrigada pela visita

    ResponderExcluir
  18. Ai Nanda, finalmente consegui entrar nesse espaço estava tentando deixar um comentário mas nao estava conseguindo!

    Que linda festa voce preparou aqui, a música o poema as imagens, que show!
    Sua postagem está completa, passei otimos momentos apreciando essa homenagem feita com cuidado e carinho. Parabens Nanda!

    Vou levar seu blog comigo :)
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Vixi!!! que é isso que acontece de bom... Lindas palavras, mais que sentidas próprias e observadas. Significadas.

    beijos

    Selena

    ResponderExcluir
  20. Que linda homenagem..
    Passarei depois, com mais calma, para conhecer melhor seu blog.
    O que será que vem depois?
    Bjsssssssssssss

    ResponderExcluir
  21. Oi Nanda, vim ver sua tertúlia, e nada melhor que ir na carona do tema livre e soltar-se na imensidão de aventuras.

    Muito legal!
    Bj

    Lu

    ResponderExcluir
  22. Nanda

    Ficou muito bacana sua tertúlia.
    O poema está explêndido.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  23. Olá Nanda td bem?
    cheguei aqui através da Terlúlia virtual,gostei muito,essas iniciativas me dão oportunidades como esta de compartilhar ideias e amizade,será um prazer receber sua visita novamente,obrigada pelo comentário
    Boas energias
    Mari Amorim

    ResponderExcluir
  24. TEM TODA A RAZÃO MINHA AMIGA!
    Transformar pedra em poesia não é fácil não! Eu acompanhei um pouco des Simpósio e percebi como é durA esta POESIA.
    Gostei da sua participação, é triste ver acabar algo de que gostamos, mas como já alguém disse a vida é feita de ciclos.
    Novas iniciativas virão estou em crer.
    Bjs
    g.J.

    ResponderExcluir
  25. Lindo post!
    "Liberdade é meu nome
    Solta, arredia, indefinível"
    Gostei desse trecho e que venham as novas tertúlias.
    Beijos Tempestuosos!

    ResponderExcluir
  26. parabéns pela sua postagem, super hiper criativa, adorei!!
    realmente é uma pena q terminou as tertulias, mas c certeza eles terão outro projeto interessante a nos proporcionar...

    bjocas

    tbm participo

    ResponderExcluir
  27. Lindo seu post.
    O tema livre soltou as mais diversas expressões, tem sido muito interessante verificar que todos amámos participar.
    Voçê já é da Tertúlia, incrita ou não.
    Nos encontraremos por aí amiga.
    Beijo com perfume de Rosa (mesmo) caída e...Arrepio na pele.

    ResponderExcluir
  28. Passando para retribuir e agradecer a visita.
    Bonita a tua homenagem à tertúlia!

    ResponderExcluir
  29. Tudo de muito bom gosto por aqui.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  30. Um lindo post, Nanda, expressando com muita sensibilidade os seus sentimentos a respeito da Tertúlia.

    Gostei muito das fotos que você escolheu!

    Obrigada por sua visita e elogios!
    Beijos e uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  31. Voar e recomeçar. Viver e reviver. Acabar e começar. Fique conectada.

    ResponderExcluir
  32. Nanda,
    Fim de um ciclo e início de outro. O melhor é a oportunidade de conhecer novos blogs e idéias.
    Adorei como encerrou em alto astral!
    Beijos

    ResponderExcluir
  33. Atividades que produzem elan e provocam reunião e união ao encerrarem provocam uma leve comoção que faz tremer....
    Não posso dizer que sinto muito pois sou neófito no universo bloguístico mas percebo uma certa tristeza em vários blogs que visitei hoje, pelo encerramento da atividades da Tertúlia Virtual que durante algum tempo catalizou e preencheu a vida de muitas pessoas e a elas sou solidário a essa existência que ora finda....

    Aloha!!! Nanda!!

    Namasté!!

    Hod.

    ResponderExcluir
  34. Querida Nanda..., edito aqui em seu maravilhoso espaço, a preciosa jóia que deixastes quando visistaste O Olhar de Carpe Diem:

    "Adoro o espírito Aloha!!!

    Sem saber já venho praticando...

    Quero colocar um link desse texto lá no múltiplas, vc deixa? Do mesmo jeito que tem o gentileza gera gentileza e os dias comemorativos.

    Aloha!!!"

    Então Nanda, fique a vontade para colocar o link. Sou grato pela sugestão e Iniciativa!!

    Aloha!!
    Hod.

    ResponderExcluir
  35. Nanda querida,

    Muito lindo e sentido o teu poema!

    Realmente a vida é feita de ciclos, mas é bem triste ver acabar algo de que gostamos...

    O importante é seguir em frente, pois o Universo sempre nos prepara coisas boas.

    E que venha a nova estação!

    beijinhos,
    Neli

    ResponderExcluir
  36. Oi Nanda!!

    Eu não participava do Tertúlia Virtual, mas vi aqui que está ao fim...

    E a despedida sempre é dolorosa, não é mesmo?!

    Enfim, a vida se renovando sempre... termina um ciclo, recomeça outro, sempre para o melhor...

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  37. Nanda,

    Que é isso de "choremos"?

    Cantemos, Ora! A celebrar o novo que aprendeu com o velho!
    Lindas imagens, texto "LIVRE" e música.

    Beijinhos minha querida.
    Com carinho
    Lília

    ResponderExcluir
  38. Nanda, lindo este teu show de LUZ, CORES E SONS!
    As cores vieram das imagens e das tuas belas palavras...
    O som veio desta forte melodia..
    E a LUZ, bem a luz é própria, veio de dentro de ti!

    Parabéns!
    Demorei, mas consegui chegar!
    Bjs e bom final de semana.

    ResponderExcluir
  39. Fala Nandinha.

    É, tô precisando de um recomemço mermo, umas coisas precisam andar por aki essa bosta

    abraço

    ResponderExcluir
  40. Sensível a sua homenagem à Tertúlia, tem sentido, tem um pouco de melancólica mas com a alegria de uma nova partida pois "O vento é meu movimento
    Zunindo, inquieto, rápido" e
    "livre é o meu estado de espírito"!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  41. Obrigada a todos os que comentaram!!!
    Quem participou eu vistei seus blogs!

    Bjão! Vocês sempre me honram com sua atenção!

    ResponderExcluir
  42. Que linda participação nesta derradeira tertúlia Nanda, ficou muito lindo tudo...parabéns amiga!
    Um grande beijo e otimo Domingo pra ti bonitinha!

    ResponderExcluir
  43. Serena Flor:
    Obrigada!!!
    Fica de olho que vai sair um Coletivo bem legal para dar continuidade à tertúlia!
    Grande vida para vc!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  44. oi nanda belo texto ,sentiremos saudades da tertulia,vim através da sandra lindo blog! bjs!

    ResponderExcluir
  45. Meus pensamentos:
    Obrigada!
    Já existe um novo movimento inspirado na tertúlia. O Vou de Coletivo, no Múltiplas tem um banner.
    Bjão!

    ResponderExcluir

Oi queridos/das, adoro ler comentários, contribuam para o meu prazer! Obrigada.