quinta-feira, 9 de julho de 2009

SER NORMAL OU SER FELIZ


Um dia disse a uma amiga: Você precisa escolher, quer ser feliz ou ser normal? Ela me perguntou, o que significa isso? A gente é feliz justamente porque é normal!...
Não é bem assim. Para ser normal; devo estar dentro de parâmetro medianos e iguais, uma pessoa precisa abrir mão de muita coisa, muitos aspectos seus, particulares e importantes, são concessões que chegam a matar a vida dentro dessa pessoa.


Ser normal é ser igual a uma maioria, só que isso não existe, não somos feitos em série, numa fábrica com medidas padronizadas e constantes. Somos tais como obras de arte, únicos, não duplicáveis. Não temos forma. Quando nos colocamos numa, perdemos nossa essência e por conseqüência perdemos nossa alegria de viver. Esse processo é tão sutil que nem percebemos, quando vemos já estamos infelizes, inadequados, insatisfeitos.


Não sabemos bem porquê, mas ficamos apáticos, viciados em impulsionadores de prazeres (bebidas, compras, sexo, trabalho, comida, remédios, drogas). Vivemos uma vida sem sentido, mascarada por compulsões e hábitos considerados normais. Terminamos doentes e morrendo das piores formas, sem nunca saber porque. Colocamos a culpa na vida estressante, na violência, nos alimentos adulterados, na tecnologia, na libertinagem... Mas não vemos a raiz dessas coisas.


Para mim o começo de tudo é uma escolha que fazemos cedo, para viver “em paz”. Escolhemos ser normais ao invés de sermos felizes. Deixamos de ser arte para ser fabricados em série. Não nos interessamos em conhecer quem somos com nossas particularidades, não nos respeitamos.
E agora? Você quer continuar a ser normal ou vai tentar descobri a obra de arte que deus esculpiu?

Namasté.

Leia Também:

34 comentários:

  1. Nanda...Seu post esta show. Seu blog então esta nota 1.000. Ser normal e feliz é fundamental.

    Forte abraço

    ResponderExcluir
  2. Amiga, não sei se vc concorda comigo, mas me sinto totalmente órfã sem o Tertúria Virtual, que está acabando.
    Se sim, vamos criar o Movimento Volta Tertúria, o que acha?
    bjs

    ResponderExcluir
  3. EDITOR:

    Olha que chique, essa visita!!! Muito obrigada querido! bjão!



    FABÍ:

    Sim, senti uma tristeza e um vazio...Mas eles disseram que vão inventar coisas novas. Concordo que um ciclo se fechou e é melhor acabar as coisas com gosto de quero mais! Bjão!

    ResponderExcluir
  4. E diria Nanda, que a mídia tem muito culpa disso que dá porradas na cara todo dia mostrando o que pode ou nao pode o cara fazer.

    E percebo que os valores tradicionais do passado são cada vez mais destruídos. Por exemplo viver e gosta do passado e dos valores do passado são extremamente atacados por qualquer um que agora querem a norma do "relativismo moral" onde tudo pode, tudo mesmo, individualidade máxima porém desde que não ofenda o politicamente correto.

    ResponderExcluir
  5. Nanda,
    Nunca fui normal e nunca quero ser normal...
    Podemos dizer que sou "a ovelha negra" da família, a "doidona", e por aí vai para não dizer os outros adjetivos de que sou tachada aqui em casa por não seguir as regras dessa maldita sociedade...
    Prefiro ser feliz... Não me encaixo num modelo pré-fabricado...
    Eu me expando sempre pelas frestas, gosto de liberdade...

    Bjão...
    Vc já foi no meu blog de poesias???
    É ali que vc me conhece um pouco melhor... E tem selinho lá para vc!!!
    http://luaimaginadapoemas.blogspot.com

    bjão

    ResponderExcluir
  6. Oi Nanda, normalidade é uma coisa inventada, "de médico e louco todos temos um pouco"; afinal o que é ser normal !?

    Abraços
    Marco

    ResponderExcluir
  7. Nanda comentei la no selinho...gostei de mais sem palavras mesmos fico feliz que tenha aceitado...

    qndo a seu texto..prefiro ser feliz...é muito mais sadio.....

    bjao

    ResponderExcluir
  8. MARCOS DE ANDRADE9 de julho de 2009 22:58

    Oi colega. Resolvi dar uma visitadinha aqui no teu blog. É bom entrar no dos outros de vez em quando (no bom sentido-hehehe).
    Colega? Sim, futuramente na coletanea da Novitas.
    Bueno tchê, o causo é que podemos ser normais (sejá lá qual for o valor que isso realmente tem) e sermos felizes ao mesmo tempo. Isso por que ser feliz é um estado de espírito. Ser normal é rótulo é o que ahco, sabe).
    Vamos enlouquecer o mundo com nossas frases, palavras e conceitos novos. Isso é ser anormal?

    ResponderExcluir
  9. Minha linda, me primeiro lugar peço desculpas por não ter ainda ter seguido seu site assim oficialmente. Meu Deus, acho que estou ficando maluca ou gagá, justo você que eu amo tanto, e considero e respeito. Me perdoe, só ví isso agora.

    Quanto ao seu post, essa semana ouvi um psiquiatra dos mais renomados dizer que não há família normal... kkkkkkkkkk E será que há gente normal???

    A cada dia que passa, vejo que há um padrão, claro... Mas normal mesmo... AFe!

    Um beijo, e meu carinho,

    CON
    ON
    N

    ResponderExcluir
  10. Eu para mim quero é ser simples e feliz, tudo o resto é conversa, abraços.

    ResponderExcluir
  11. SÍLVIO:
    Vc tem razão, a mídia é uma grande reforçadora, mas quem faz a mídia?
    Os valores estão sendo reformulados, na minha opinião, mas quem gosta de tradição deveria poder segui-la tranquilamente. Bjão!!

    MYLLA:
    Que bom!Venho descobrindo , que se tivermos convicção e firmeza em nossos conceitos as pessoas começam a respeitar. Ainda não deu para ir no seu novo blog, mas tá anotado, vou pegar meu selo!! Bjs!

    MARCO:
    Sim, o normal é uma medida de conforto, todos se vêem parecidos e se sentem melhor, mas "de perto ninguém é normal". Bjs!

    PHILIP:
    Sim, é a única forma de saúde!!! Que bom vc ter gostado do texto Eu já, foi especialmente para vc! Bjão!

    MARCOS DE ANDRADE:
    Seja bem vindo!!! Vou lá dar uma olhadinha nos meus colegas de coletânea também! Mas confesso que estou um tanto perdida tentando abarcar o mundo "internético" com as pernas!!! Acho que podemos ser saudáveis e felizes, mas na normalidade, no sentido de sermos iguais a todos, eu acho difícil agregar felicidade. Estou com vc nesse projeto, eu já trabalho enlouquecendo todos que conheço! Bjão!

    CON CON!!!!
    É sempre uma honra ter sua visita! Também gosto muito de vc!Fique tranquila eu reconheço amor por outras vias! Hermógenes, prof. de ioga tem uma frase que eu adoro: "Deus me livre de ser Normal!" Prefiro ser saudável! Bjãozão!

    FAUSTO:
    Eu também! Cada vez mais estou por aí!!Abraços!!!


    Agradeço a todos a visita, brevemente estarei retribuindo!

    ResponderExcluir
  12. É importante termos personalidade para sermos nós mesmos, com nossos sonhos, nossas perspectivas de construir algo e um mundo melhor sem nunca perdermos nossa essência. Mas isso requer habilidade. Se levarmos muito em consideração - ou seja a ferro e a fogo como se diz - a questão da representação da individualidade, corremos o risco de isolarmo-nos cada vez mais. Daí para os vícios que são atribuídos aos normais é um leve toque...Ou então poderemos cair na falácia cientificista, onde todos os nossos cacoetes, nossos egoísmos, todos nossos recalques são justificados à luz de ciências como psicologia, medicina, etc. Já é comum vermos justificativas de pessoas 'hiper-autênticas' (ou se preferirmos anti-altruístas') que cometem absurdos contra outras pessoas como agressões ou injúrias e culpam os hormônios na TPM ou então aos disturbios bipolares...Acho que ainda não sabemos lidar com essa questão de modo satisfatório.

    ResponderExcluir
  13. Oi Nanda
    Cada dia que passa seu blog tá melhor ;)Parabéns!
    Eu escolhi ser feliz há muito tempo e por esta razão não sou normal rsrsrrs.Já encontrei a felicidade dentro de mim e sei que somente eu sou responsável por ela.Eu sou feliz mas não sou normal rsrsrsr.

    ResponderExcluir
  14. É como, por analogia, aquela manía quase inconsciente que temos de, ao passar por um vidro espelhado, dar uma conferidinha no nosso visual. Temos de estar com o visual perfeito. Mulheres, por exemplo, não admitem estar com o cabelo despenteado, só se o despenteado for a moda, aí sim.

    Vivemos querendo nos amoldar às fôrmas, mas eu gostaria muito de saber quem é o cara que vende as fôrmas.

    Hoje fui a uma loja comprar uma meia, e vi dúzias de pessoas frenéticas comprando roupas de inverno, e fiquei me perguntando> mas será que elas não tinham roupas de inverno no ano passado, ou aqui sempre foi um eterno verão e nunca fez frio? Mas o caso é que o tal cara, o fabricante de fôrmas que não sei quem é, determinou que nesse inverno os botões são de outra cor, ou o xadrez é invertido, ou...ou...ou

    E a massa não pensa não...

    ResponderExcluir
  15. Normal..o que é normal para uma pessoa não é para outra..então se cada um se aceitar e saber ser feliz ta valendo
    Beijos bom final de semana

    ResponderExcluir
  16. RESPOSTAS:


    MARCOS VINÍCIUS:
    Temos que ter muita força para segurar a onda de ser único! Todo o exagero é maléfico. Ainda confundimos sinceridade com crueldade e desabafo. Leia o texto Ser gentil ou agradar os outros do dia 05/06. Ainda não sabemos responder adequadamente à muita coisa em nossas vidas, mas estamos aprendendo. Bjs!


    LÍLIA:
    Muito obrigada! Eu também escolhi não ser normal! Nós somos, então da mesma turma! Bjão!


    BETE:
    Parece que desejamos, por conforto, sermos parecidos, pertencer a uma massa, mas isso aos poucos está mudando, vai ser seguro também ser único. Bjão!


    OLAVO:
    Concordo o que é natural para um pode parecer estranho a outro, a chave e se aceitar profundamente! Bjs! E bom fim de semana também!

    ResponderExcluir
  17. Oi Nanda!!

    Estava pesquisando algo na Net, dei um "google" e, por acaso, vim parar aqui e adorei tudo que li...

    Voltei com mais calma, agora para poder comentar!

    Se ser normal é seguir o que a sociedade impõe, realmente, não dá prá ser feliz... Infelizmente, a maioria, para ser aceito, segue regras e padrões, destruindo assim, sua própria alma, sua própria essência...

    E o "bombardeio" social é tão grande que, às vezes, estamos lá repetindo os mesmos padrões inconscientemente... Daí, a necessidade de nos conhecermos melhor e estarmos sempre atentos aos nossos verdadeiros anseios da alma...

    Gostei muito do seu blog e creia, não é apenas gentileza, é o que sinto de verdade!...

    À propósito, também postei um comentário em "Ser gentil ou Agradar os Outros".

    Grande beijo, volto sempre!!

    ResponderExcluir
  18. Oi Nanda, vim conhecer teu cantinho e fiquei encantada com tantas coisas boas que oferece.

    Você escreve muito bem e os temas sempre são muito bem urdidos

    Nanda, me diga como você fez estes links na parte superior do teu blog. Achei genial! Eu não sabia que o blogspot oferecia ferramentas pra isso.

    Se tiver um tempo escreva para:
    leregostar@gmail.com e me ensina, pode ser?

    Outra coisa, vem conhecer e participar do meu blog literário. Eu iria adorar tê-la no Empório.
    Venha tomar um café com a gente.

    http://emporiodocafe.blogspot.com

    bjs da Lu

    ResponderExcluir
  19. Oi Nanda, sim... eu quero aprender sobre so links. Se puder me escrever no e-mail que deixei no comentário anterior, tá valendo.

    Desculpe mas vou deletar o coments que deixou na janela da maratona. Sabe pq. lá ficarão somente os poemas, ok?

    Uma pergunta: Aquele poema que deixou vc fez baseado na imagem que eu postei? Aquela da Lua?
    Me responda , pq senão, eu não poderei aceitar. Pq aqueles poemas tem como base a imagem. Se foi, ótimo. Só falta o título, ok?

    Me escreve!
    Beijo

    ResponderExcluir
  20. rrsrsrsrs...não tem problema Nanda, vi que apagou os coments, td bem!

    Muito bom o poema que deixou lá. Valeu, só que tem que ter m título. Vai pensando.
    beijão
    Lu

    ResponderExcluir
  21. RESPOSTAS:

    REGINA:
    Obrigada!!!Vc realmente me entende, que delícia!Eu acredito em vc, acredito em gentileza sincera. Eu vi seu comentário e já respondi lá. Eu fico aguardando novos comentários seus, com prazer! Bjs!


    LU CAVICHIOLI:
    Obrigada! Sobre os links, lhe respondo por e-mail. Já estou lá no Empório, fazendo uma bagunça danada! Espero que vc não tenha se arrependido de ter me convidado!!! Já coloquei o título,agradeço por ter apreciado meu poema! Coloquei um link para o Empório no Múltiplas. Bjão!

    ResponderExcluir
  22. GOSTEI DO TEXTO SER FELIZ OU SER NORMAL,
    TB ACHAVA QUE SER FELIZ É SER NORMAL. MAS , AGORA....

    BJS

    ResponderExcluir
  23. Joelma:
    Eu bem sei disso, e modéstia a parte me acho um tanto responsável!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  24. Como uma onda que se levanta....

    \normal. Normas, Normótico. Aceitável. Justo. Ajustado.....

    Semânticas.....


    Aloha!! Nanda!!!

    Hod.

    ResponderExcluir
  25. ADOREI O TEXTO NANDA!
    ESSE CONVITE DE CONHECERMOS NOSSA VERDADE DIVINA E DEIXARMOS A NOSSA VELHA E OPRESSORA "NORMALIDADE" DE LADA É PERFEITO!!! PORÊM MMUUIITTOO DESAFIADOR!!! ACHO QUE DEVERIA SER NOSSA BUSCA NESTA VIDA.
    NAMASTÊ

    ResponderExcluir
  26. Hod:
    Obrigada por complementar meu texto! Vc é muito querido!
    Aloha!


    Diana:
    Sim, viver é muuuuito desafiador. Mas acho isso bom! Esse é um bom desafio! É nossa busca eterna...
    Bjão!

    ResponderExcluir
  27. Lindo e brilhante texto que traduz o maior malefício da década, não se aceitar como se é, e; isto inclui tanto a aparência física, qto o jeito de ser. E, concordo, somos (todos) obras de arte, singulares, especiais, e não mais uma espécie padronizada... Basta alguns se conscientizarem disso.... Talvez, isto seja uma utopia, ou sinônimo de remar contra a maré, mas, ao menos; é um passo a mais para a descoberta da felicidade! Como diria Paulo Leminsky: "Querer ser o que se é, ainda vai lhe levar longe". Acredito piamente nisso!
    Parabéns, pelo ótimo Post!

    ResponderExcluir
  28. Lilly:
    Também acredito que essa é a maior doença que existe.
    Obrigada por complementar e realçar aspectos de meu texto tão ricamente!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  29. Como considerar uma pessoa Normal sendo que o conceito de Normal é tão distorcido pelas pessoas, a unica razão a qual chego é que ser Normal é a maior Loucura, nem sempre está na mão de cada um ser feliz; mas está merecê-lo.
    Abraços forte

    ResponderExcluir
  30. O conceito de "normal" é relativo. É apenas um chavão. Porque não ser "normal" e feliz? Ou então "feliz" e normal?

    Abraços
    Luísa

    ResponderExcluir
  31. Príncipe:
    O assunto tornou-se complexo por causa de nossa pouca objetividade quando se fala em ser humano, normalidade é frequência, e só. O que faz a infelicidade é a obrigação de ser frequente em algum comportamento não natural à nós.
    Felicidade está sempre na nossa mão, desde que saibamos que temos escolha de como nos sentir diante as mudanças da vida.
    Obrigada!
    Abraço forte, querido!!!!!


    LL(Luísa):
    Suas respostas estão acima, logo no começo, nos comentários diHITT
    Obrigada!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  32. Parabéns nanda pelos seus belos textos.
    É maravilhoso chegar aqui e ver tantas qualidades,tanta beleza. Ser feliz e estar em harmonia conosco mesmo. Parabéns.
    sandra

    ResponderExcluir
  33. Sandra:

    Obrigada, linda!!!!
    Também fiquei muito alegre com sua visita!!!
    Bjão!

    ResponderExcluir

Oi queridos/das, adoro ler comentários, contribuam para o meu prazer! Obrigada.