domingo, 19 de dezembro de 2010

Perfeição




Um dia desses no Twitter o @Hugoffreire me perguntou o que eu achava que era perfeição.

“O que é perfeição e imperfeição para você?”

Respondi:

Perfeição – é o equilíbrio harmônico de forças, ações e eventos. São doses balanceadas e encaixadas de tudo que existe.

Imperfeição – é a falta desse balanço, dessa harmonia.



Claro que eu não posso dizer que defini absolutamente esses dois conceitos... Mesmo meu ego dizendo que sim... Mas acho que é um bom ponto de partida. A perfeição não é estática, ela é móvel, não pode ser acabada, está sempre em transformação. Para mim é sempre uma questão de doses balanceadas de tudo o que há, formando uma configuração momento a momento. Uma perfeição não dura mais que um segundo, mas também é a soma de todos os segundo mutantes.

O que chamamos de imperfeição é a sensação de falta de balanço, de harmonia, do conjunto encaixado. Nada nesta dimensão é parada, está tudo se movendo e mesmo a imperfeição é perfeita... Pois do desequilíbrio se cria tudo, então de vez em quando deve haver um desbalanceamento para uma nova reconfiguração mais adequada.

Ainda somos seres medrosos e encontramos uma sensação de segurança (falsa) naquilo que, aparentemente, não muda. Portanto conceituamos perfeição como algo acabado e irretocável e exigimos isso da vida e principalmente de nós mesmo, vejam só! (no próximo texto falarei disso, como a falha pode ser perfeita)

Tudo é perfeito inclusive a imperfeição, tudo está encaixado como um grande quebra cabeças, como nossa percepção é limitada pelo ego, vemos apenas algumas peças do todo e queremos entender o todo por essas peças, o que resulta em conclusões equivocadas e sofrimento. É preciso muito tempo de silêncio interior e observação (orai e vigiai) para captar algo um pouquinho maior que nosso próprio umbigo, perfeito...

Namasté!

Leia também:
Nós já estamos num mundo melhor
Nós somos maravilhosos 
Buscar a perfeição

6 comentários:

  1. Buscamos a perfeição dentro de nossas imperfeições e é com elas que chegaremos a melhoras...beijos,lindo Natal de Feliz 2011! chica

    ResponderExcluir
  2. Chica:

    Imperfeição e perfeição se completam!
    Desejo tudo de bom para você e sua família!Obrigada pela lembrança!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  3. Nanda,
    Desejo a você Feliz Natal, e um Ano Novo,cheio de oportunidades.Obrigada por ter compartilhado,sua amizade comigo em 2010.
    Boas energias,os 365 dias de 2011
    Mari

    ResponderExcluir
  4. Mari:

    Obrigada e desejo tudo de melhor para você!!!
    Agradeço suas visitas e carinho!!!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  5. Seria, portanto, o caminho do meio. A perfeição é o equilíbrio como você bem citou em seu texto.

    Abraços,
    Jorge Alberto

    ResponderExcluir
  6. Jorge:

    Eu acredito nisso, perfeição é equilíbrio móvel! rsrs
    Bjão!

    ResponderExcluir

Oi queridos/das, adoro ler comentários, contribuam para o meu prazer! Obrigada.