terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Abordagem Centrada na Pessoa 2ª parte



Aspectos Básicos:


Em 11 de Dezembro de 1940, Rogers proferiu a conferência “A nova concepção de Psicoterapia” no MIT (EUA) e pontuou seus conteúdos fundamentais; o que para muitos foi o nascimento da ACP (abordagem centrada na pessoa). Que faz parte das psicoterapias Humanistas Existenciais (3ª força em Psicologia).


Ela trabalha fundamentalmente com o paradigma: O ser humano é digno de confiança, é criativo, automotivado, poderoso e construtivo (tendência atualizante).


Aspectos básicos do método:


• Há uma confiança básica na natureza construtiva do organismo humano e no poder de orientar-se para maturidade, saúde e adaptação. A terapia é um processo de libertar o indivíduo para um amadurecimento, desenvolvimento de resolver obstáculos que o impeçam de avançar.
• Acentua mais fortemente os elementos emotivos, os aspectos afetivos da situação do que os intelectuais (desadaptações não são falhas no saber, este é ineficaz porque está bloqueado pelas satisfações afetivas da pessoa). Procura agir no íntimo da afetividade e vida emotiva.
• Acentua mais a situação imediata do que o passado do indivíduo. Pois as estruturas emocionais significativas da pessoas revelam-se tanto no momento atual, como na sua história passada.
• A própria relação terapêutica é uma experiência de crescimento e desenvolvimento. O indivíduo aprende nele a compreender-se, a optar de uma forma independente e significativa, a estabelecer, com êxito, relações pessoais de uma forma adulta.


Este tipo de terapia não é uma preparação para mudança, ela é a própria mudança.




Na 3ª parte veremos o que significa centrar no cliente.


Namasté!

Leia também:



9 comentários:

  1. Boa noite, Nanda!!

    Bacana esta abordagem que é centrada na emotividade e aspectos afetivos das pessoas...

    Porque hoje em dia, esquecemos o que a pessoa realmente é e sente e nos preocupamos mais com o que ela tem e suas capacidades intelectuais...

    Beijão! Ainda volto para desejar um Feliz Natal!

    ResponderExcluir
  2. passei aqui para, desejar um feliz natal com saúde, paz e amor e que o ano novo seja maravilhoso em todos os sentidos da vida. bj con

    ResponderExcluir
  3. ” A alma é invisível,
    Um anjo é invisível,
    O vento é invisível,
    o pensamento é invisível, e,
    no entanto, com delicadeza,
    se pode enxergar a alma,
    se pode adivinhar o anjo,
    se pode sentir o vento,
    se pode mudar o mundo com alguns pensamentos.”

    Boas festas...

    Olavo.

    ResponderExcluir
  4. Regina:

    Eu gosto muito dessa sugestão de vida!
    Tento me aproximar o máximo, mas ela é de difícil execução!
    Até daqui a pouco!
    Bjão!



    Conceição:

    Obrigada querida! Espero que seu fim de ano também seja de muita paz!
    Bjão!


    Olavo:

    Como disse o autor do pequeno príncipe: o essencial é invisível aos olhos.
    Muito bonita a mensagem!
    Estou aguardando sua volta!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  5. Queridos amigos,

    Resolvi desejar BOAS FESTAS pra vocês de forma especial: com música! Por isso preparei uma delicada surpresa no meu blog para que ela simbolize meus pensamentos e desejos!

    Ano novo, definitivamente, é uma época para se festejar e o principal motivo é o de estarmos vivos... estarmos fortes... desejarmos melhoras e muito progresso!

    Tô esperando a sua visita! O endereço está lá na minha página!

    Grande abraço.
    Júnior.

    ResponderExcluir
  6. Nanda querida,

    Estive fora uns dias, e quero voltar com calam para te ler, linda!

    Hoje vim para desejar um Feliz Natal para você e seus familiares!

    Adorei a nova foto!

    beijoca carinhosa,

    neli

    ResponderExcluir
  7. Apolinário:

    Obrigada! Música é sempre bom!
    Vou dar uma passada por lá!
    Bom fim de ano para vc!!!
    Bjão!



    Neli:

    Obrigada e vc é sempre bem vinda aqui, leve o tempo que for!
    Desejo um ótimo fim de ano para vc!
    Obrigada pelo elogio!
    Bjão!

    ResponderExcluir

Oi queridos/das, adoro ler comentários, contribuam para o meu prazer! Obrigada.