quarta-feira, 7 de abril de 2010

Orgulho e Preconceito



Este filme é baseado no livro de Jane Austen, é um romance, uma história de amor. Mas também traz uma reflexão interessante... Como a gente se prende à primeira impressão e como esta pode ser toldada por conceitos equivocados, rígidos e pré-estabelecidos. Fazendo com que sejamos injustos e atuemos com desrespeito.

O casal principal sofre com o desencontro causado por essa falha de percepção. Principalmente a garota, que além de cega pelo preconceito, ainda fica magoada com o mocinho no início, deixando de aprofundar-se no conhecimento da personalidade dele, o conhecendo melhor.

Achei interessante ela colocar a confusão tão clara! Elizabeth se encanta com um farsante que é charmoso, de cara, e se afasta do virtuoso Sr. Darcy por ele ser fechado e um tanto carrancudo. Como fazemos isso! Nos iludimos com a “fachada” e perdemos o recheio... Muitas vezes julgamos pela aparência e julgamos mal. Segundo o livro de Jane Austen isso não é de agora, não é fruto de uma sociedade visual como costumamos dizer.

Podemos começar a observar isso. Quanto perdemos por uma avaliação rápida e superficial? Nem todo mundo mostra seu tesouro ou veneno no primeiro momento, é preciso tempo para conhecer um ser humano, é preciso uma segunda vista, um terceiro encontro. E é preciso coragem para se mostrar, pois às vezes, dói muito.

De qualquer forma é uma história muito interessante e vale a pena vê-la sobre esse aspecto. Inicialmente o nome do livro seria: “Primeiras Impressões”, bem sugestivo, hein?

Bom filme!

Assista também:
Simplesmente Alice
Nell
Banquete do amor

12 comentários:

  1. Muito boa indicação segundo sua sinópse.

    "O orgulho que almoça vaidade janta desprezo." (Benjamin Franklin)
    Abraços forte

    ResponderExcluir
  2. Linda postagem sobre um filme muito bom. Parabéns, amiga.

    ResponderExcluir
  3. Ops..vim buscar as indicações!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Achei este o melhor filme sobre o romance de Austen, a cena em que Liz lê a carta de Darcy fica devendo muito pouco ao livro.
    excelente dica.

    bjs

    ResponderExcluir
  5. Vi o filme e li o livro. Recomendo os dois!

    ResponderExcluir
  6. Príncipe:

    Obrigada! Concordo com o Benjamin!
    Bjão!


    Pensador Louco:

    Obrigada! Também o achei lindo!
    Bjão!



    M.Nilza:

    Espero que goste!
    Bjão!



    Vanessa:

    Também gostei muito do filme, cheguei a vê-lo várias vezes!
    Bjão!



    Girlady:

    Eu também!!!
    Bjão!


    Blog Rádio:

    Obrigada!!!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  7. Olá Nanda, tudo bem?
    Eu já assisti o filme e gostei muito, realmente muito bonito e com uma bela moral!
    O livro ainda não tive a oportunidade de lê-lo, mas um dia ainda quero!
    Ótimo post!

    ResponderExcluir
  8. Marina:

    Obrigada querida!
    O livro também é ótimo, e ainda dá mais detalhes!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  9. Esse livro é maravilhosoooooo...
    Um clássico.......
    Essa temática é mesmo muito interessante...Desde sempre, o homem opta por fixar-se no exterior,se o que vejo agrada-me,
    uso esse encanto como base definição de caráter,personalidade,
    jeito de ser etc.Infelizmente...
    Entretanto, o que realmente conta é o interior...
    É um livro que nos propõe uma bela reflexão...

    ResponderExcluir
  10. Assisti. Muito lindo! E eu que já amava os livros de Jane Austen... Tem um outro filme muito bom também, que conta sua vida. Abraços.

    ResponderExcluir
  11. Scher:

    Eu vi este filme sobre a vida dela, também, bem parecido com suas histórias, mas com final triste...
    Bjão!

    ResponderExcluir

Oi queridos/das, adoro ler comentários, contribuam para o meu prazer! Obrigada.