sexta-feira, 16 de abril de 2010

Inteligência Espiritual



Li essa matéria “Você se considera inteligente?” no Yahoo notícias e achei interessante, é bom começarmos a observar a inteligência sob outros ângulos. No texto a terapeuta Reyes Ollero, coordenadora da Asociación Consciência, aponta outros tipos de inteligência, além da puramente racional. Ela diz que essa palavra vem do latim (inter) e legere (escolha) e sugere uma capacidade de escolher as melhores opções para solucionar um assunto.

Comenta também que há outras formas de ser inteligente e aponta a inteligência espiritual e emocional. Ambas foco de trabalho aqui do Múltiplas. Outra coisa legal é que ela sugere conceitos para explorar e desenvolver essas outras formas de inteligência.

Como perceber o presente como o único tempo real no qual você pode agir de verdade, ter coragem de encarar suas sombras inconscientes (emoções reprimidas ira, ciúme, rancor) e aceitar essas “partes feias” reconhecendo-as para elaborá-las melhor; entender a felicidade como algo que não depende de condições externas, nem alheias (alegria sem causa); se conhecer bem “para estar bem com os demais é preciso estar de acordo consigo mesmo”, ou seja, pensar nos aspectos de sua personalidade que o ajudam e os que freiam e conversar consigo, conhecendo os diferentes níveis de seu ser, ser uma espécie de amigo interessado em seu mundo interior, “tomar café consigo”.

Segundo a terapeuta, todos esses passos ajudam a pessoa desenvolver sua inteligência espiritual. E eu concordo, faço isso há algum tempo e ganhei mais qualidade de vida, é isso que me interessa passar aqui. Gostaria de viver num mundo onde a inteligência espiritual estivesse em alta!

E você? O que está fazendo para desenvolver sua inteligência espiritual?

Namasté!

Leia também:
Educação espiritual
Preguiça de crescer
Treinando a emoção para ser feliz

9 comentários:

  1. Eu tenho cada vez mais procurado me entender, me conhecer, me ouvir. Eu busco a evolução espiritual. Penso que quando nos sentimos bem podemos externar positivamente e fazer com que as pessoas ao redor queiram estar perto. É o que tenho buscado.

    ResponderExcluir
  2. Nanda :)
    Não desapareci, ou melhor sumi sim, mas só do mundo virtual. Meu blog pirou! Tá aparecendo como aberto apenas pra convidados, mas é pura loucura do blogger! Tá mesmo é parado, sem postagens, sem visitas. Espero voltar logo e também pro twitter, facebook e tals.

    Enquanto isso venho aqui recarregar as energias. Sempre encontro algo muito valioso por aqui e no Norte.

    Beijo grande e podemos nos falar por email enquanto meu blog renasce, rsrs!

    Berê

    ResponderExcluir
  3. Tentar racionalizar e intelectualizar a Essência de Consciência através de rótulo "Inteligência Espiritual" é manter-se dentro dos limites da mente.
    A Consciência Existêncial e Não Existêncial esta para além das fronteiras da Mente.

    Forte abraço amiga,

    Hod.

    ResponderExcluir
  4. Sissym:

    Eu também!!!
    Acho inclusive que isto é o que melhor podemos fazer para o todo!
    Irradiar bem estar!
    Bjão!



    Berenice;

    Ah! Bom!!! Estive por lá e fui barrada no baile!
    Achei muito estranho, pensei que vc tivesse tido algum problema com trollers, gente que picha outras...
    Manda uma mensagem para mim por e-mail!
    Bjão!



    Hod:

    É verdade, mas enquanto temos uma mente podemo nos esforçar para usá-la com sabedoria e isso é inteligência espiritual. Aqui na terra temos limites sim e não chega a ser ruim, faz parte desta brincadeira.
    Bjão!

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pela matéria. Eu acredito e pratico esse exercício e me sinto super satisfeito comigo, não foi fácil mudar o meu estilo de pensamento pois vinha de uma vida bitolada e repleta de preconceitos, mas o lado espiritual me desenvolveu e me fêz conhecer o meu ego interior. Minha visão da vida mudou.
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  6. Muito legal.

    Uma grande verdade.

    A prática é importante e quanto mais praticarmos mais "aprendemos" e "crescemos".

    Um abraço.

    Drauzio Milagres

    ResponderExcluir
  7. Edegard:

    Obrigada!!!
    E parabéns! Não é fácil largar conceitos antigos, mas é profundamente lucrativo!
    Bjão!



    Drauzio:

    Obrigada!
    Eu também sou fã da prática, embora de vez em quando ainda perca a paciência com a forma gradual com que cresço.
    Outra coisa para praticar: paciência comigo mesma!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  8. A prática é imprescindível para o crescimento e a todo momento temos que rever conceitos sobre os mais variados assuntos. Gostei do tema. Forte abraço!

    ResponderExcluir
  9. Scher:

    Sem a prática, não realizamos nada, ficamos só no imaginário. E mente aberta é imperativo para evolução!
    Obrigada!
    Bjão!

    ResponderExcluir

Oi queridos/das, adoro ler comentários, contribuam para o meu prazer! Obrigada.