sexta-feira, 26 de março de 2010

Ciúme



Acredito que o ciúme é um sentimento, ou melhor, uma sensação, um impulso que aparece em pessoas imaturas... Vejo que ele existe quando a gente gosta do outro de forma infantil. Uma criança não sabe dividir atenção, porque entende isso como abandono e risco de ser deixado, portanto para uma criança esse comportamento é coerente, pois ela está defendendo sua sobrevivência.

Já no adulto, parece fora de propósito, no meu entender um adulto, no sentido completo da palavra, não deveria ter esse medo. Um adulto já deveria saber que sobrevive sem a companhia do outro, tornando-o, mas seguro de si, apesar do risco do ser amado ir embora. Para mim um ser amadurecido ama de forma libertária entendendo que o outro é livre para escolher como e com quem viver sua vida, não haveria possessividade, desejo de dominar e prender o amado. Se ou quando ele quisesse o parceiro ficaria feliz com sua escolha porque saberia que ele/ela estaria indo para o seu melhor.

Não é que não fosse ficar triste com sua partida e sentindo sua falta, mas a felicidade do outro estaria em primeiro lugar e se este outro não queira mais estar em sua companhia ou queria a companhia de mais alguém, então deveríamos ficar contentes e não enciumados. O ciúme é fruto de um coração imaturo e possessivo, para mim não tem a ver com amor no melhor sentido da palavra, tem a ver com domínio, poder e falta de liberdade. Também não acho que é tempero nenhum, é doidice. Um comportamento baseado em insegurança, medo, sentimento de inferioridade. É tratar o outro como uma coisa, um objeto de uso exclusivo, o outro perde sua vida e sua liberdade de escolha. Isso é feio e inútil, não traz alegria nem segura relacionamento. Deveríamos mudar nosso modo de entender que somos importantes para os outros, o ciúme não é boa referência.

Não deveríamos ter medo de perder o afeto nem a atenção de ninguém, não é isso que realmente nos faz importante, afinal não tem motivo real para sermos importantes, apenas somos. E o amor é como o ar e a brisa, sempre presente e em movimento, não dá para estagná-lo. Então vamos amadurecer e amar realmente como adultos deixemos esse aspecto infantil de lado, abandonemos ele! Vamos amar como pessoas maduras, assim como a fruta no ponto, esse amor terá um sabor muito mais doce!

Namasté!

Leia também:
Como atrair seu parceiro ideal
Lidar com as emoções
Infidelidade
Amor, liberdade e solitude
Amor exclusivo

8 comentários:

  1. Mais um texto irretocável da minha amiga/guru/mestra Nanda! Não dá nem para mexer com uma vírgula do lugar! Perfeito em tudo! Pessoas como a Nanda, são um elo entre o ser imperfeito,que a maioria de nós ainda é, e o ser superior que ainda está por vir!! Um dia chegaremos nesse estágio de quase perfeição que já vive a Nandita! Aí, o mundo será realmente um lugar muito bom para se viver! Obrigado, Nanda, por estar fazendo sua parte com toda competência! Abração do Land.

    ResponderExcluir
  2. BOA TARDE!!!!

    SÓ vc é capaz de preenceher todo o meu coração Virtual.
    Muito obrigada pela visita.
    Retribuir é um ato de Amor.
    Por isso venho te dizer que que sou muito feliz Com os seus comentários E CARINHOS POR LÁ REGISTRADOS.
    Curiosa e demais blogs, só tem é agradecer pela sua imensa amizade. Construimos juntos este laço de Amizades, de Carinho e Afeto E SINCERIDADE.MUITO VERDADEIRA.
    Sou feliz com a sua companhia e afeto. As vezes demoramos, PARA VISITAR, mas contra a nossa vontade. Porque a vida Real. é intensa. Não podemos fugir dela.
    Deixo um grande carinho e um forte abraço, cheio de Luz e Paz.
    Quando vim na curiosa, passe pela interação de amigos e tome o seu cafezinho..
    Agradeço imensamente o seu Amor..
    Tenha um lindo Final de Semana.
    Carinhosamente,
    Sandra

    Não esqueço..Posso demorar..mas venho..VOCÊ MORA DENTRO DO MEU CORAÇÃO.NÃO NO LADO..MAS SIM BEM NO MEIO DELE.

    ResponderExcluir
  3. É incrível como concordo com TUDO o que leio neste blog! *-*

    É exatamente o que eu penso sobre o ciúme e os relacionamentos...

    Abraços ;)

    ResponderExcluir
  4. LandNick:

    Obrigada!!!
    Assim eu vou ficar convencida! rsrsr
    Ainda falta muito para eu também realizar as coisas que já acesso mentalmente, mas a vantagem é que meu guia já me salva do inferno da cegueira completa e eu posso viver mais plenamente.
    Eu também acho que estou fazendo a minha parte, vivendo melhor e irradiando isso.
    Bjão!



    Sandra:

    Obrigada pela visita! E pelo carinho!
    Bjão!



    Rômulo:

    Que bom!!! Então vc é da minha turma! E adoro saber que existe mais pessoas da minha terra!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  5. Nanda querida, penso exatamente como você sobre o tema, mas sei que grande parte das pessoas tem uma grande dificuldade em enxergar as coisas por este ponto de vista.
    Ciúme é insegurança... ninguém é de ninguém, não há nada que garanta a presença do outro em nossas vidas.
    Posso dizer que a vida me deu algumas boas lições neste sentido e aprende-las, só me fez bem.
    Beijos flor amiga!!!

    ResponderExcluir
  6. Valéria:

    Foi por isso que escrevi o texto, as pessoas inventaram um conceito positivo para o ciúme, que ele apimenta a relação; e esqueceram que podem amar com maior qualidade.
    Que bom vc já ter aprendido esta lição!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  7. Acho que não é bem assim.
    Do ponto de vista psicológico o ciume é uma reação emocional completamente normal.
    Todo mundo de alguma forma, alguma vez na vida já sentiu ciume.
    Sentir ciumes é humano e não infantil como dizem.
    Uma criança não demonstra ciumes pq é infantil e sim pq é autentica.

    ResponderExcluir
  8. Tatti:

    Olha... Até hoje eu só vi ciumentos defenderem o ciúme... rsrsrs
    Sim, todo mundo já sentiu ciúmes, como raiva, vontade de matar alguém, inveja. Estes são sentimentos que aparecem na mente de todos nós.
    Mas acredito que eles são frutos de uma mente imatura, medrosa e possessiva, que precisa vigiar o objeto amado para que ele não se vá.
    Não acho humano porque tenho outra perspectiva do que sejam atitudes humanas, no meu entender, comportamentos bem mais livres de medo. Por isso nos chamo, humanóides. rsrs
    Um caminho entre o animal e o humano.
    A criança demonstra ciúmes porque não sabe ainda conduzir sua emoções e não sabe elaborar antes da expressão. Acostumamos chamar descontrole de autenticidade.
    Dizemos de alguém que explode de verdadeira. Pois acreditamos que não agir no sentimento descontrolado é fingimento.
    Não acredito nisso.
    Mas de qualquer forma é só minha opinião, vc não precisa levar à sério. rsrs
    Bjão!

    ResponderExcluir

Oi queridos/das, adoro ler comentários, contribuam para o meu prazer! Obrigada.